Suzuki DL 1000 V-Strom

Suzuki V-Strom 1000

 

Participe: envie opinião sobre sua moto

 

[Nome] Arthur Gurgel
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Motor] 1000
[Ano-modelo] 2008
[Quilometragem atual] 80.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 4
[Conforto] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] A moto é extremamente potente e confortável. Excelente para qualquer tipo de viagens. Tem potência de sobra para ultrapassagens mesmo carregada de bagagens e com garupa. O banco dela é um sofá e é extremamente confortável. Particularmente acho a moto muito bonita, muito embora o projeto dela é visualmente antigo – é uma moto que já tem 10 anos – ainda acho bem bonito o estilo dela e ela chama atenção por onde passa. O ronco do motor também é delicioso de ouvir. O consumo dela também acho bom, ela faz em média 15km/l na cidade e 18,5km/l na estrada. Existem motos que são mais econômicas, mas levando em consideração que o motor é antigo e toda a potência que ele entrega, eu não acho ruim o consumo. A minha teve a injeção recalibrada para economia e já cheguei a fazer 21km/l na estrada, mas isso não é comum.

[Principais aspectos negativos] Devido ao projeto dela ser antigo é uma moto um pouco pesada, mas depois que se acostuma com o peso dela é bem tranquilo de lidar com isso. A posição de pilotagem original cansa um pouco meus braços, pois você fica levemente erguido para frente, mas um raiser de guidão resolve esse problema tranquilamente e não custa muito caro. Uma coisa que me incomodou no início é que o motor não sabe trabalhar abaixo de 3000 giros. Abaixo disso ela fica embolando e você tem que reduzir marcha, mas isso também dá pra se acostumar. Outro aspecto negativo exclusivo das DL 1000 2008 e 2009 é um problema crônico da injeção. Ela é muito sensível a gasolina adulterada, mas é possível resolver isso recalibrando a injeção e colocando uma bomba de combustível mais robusta.

[Defeitos apresentados] Queimou a bomba de combustível.

[Comentários adicionais] É uma excelente moto para quem gosta de alinhar o conforto, desempenho e custo benefício. É o melhor custo benefício da categoria e a entrega de potência dela é uma delícia, só se deve tomar cuidado no início até se adaptar, pois ela é muito bruta. Mas depois que se acostuma é uma excelente companheira para todo tipo de aventura.

[Best Cars] Excelente ferramenta para quem quer analisar a opinião dos donos antes de adquirir um novo veículo. Uso com frequência.

[Data de publicação] 30/11/18

 

 

[Nome] Roberto
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Abs
[Motor] 1.000
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 5
[Conforto] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] A moto é excelente. Uso a moto para trabalhar e em meu percurso encontro trechos de avenidas, para quem é de São Paulo Av. dos Bandeirantes, trecho de rodovia, estradas vicinais e estradas de terra. E, ela se sai muito bem em todas as condições. O painel tem todas as informações que acho necessário. O motor é muito bom, o conjunto é excelente, freios e suspensões ótimos. O consumo é bom para uma 1.000 CC, algo em torno de 17 ou 18 km/l, mas tem que se controlar. O problema para mim é a autonomia que poderia ser maior pela proposta da moto. A posição de pilotagem é muito boa. A moto vibra pouco e tem motor de sobra em todas as condições. Os comandos são bem posicionados e as informações do painel, depois de algum tempo, são fáceis de visualizar. Essa moto tem tudo que é necessário sem excessos. Muitas coisas que você vê disponível em alguns modelos sejam pouco útil para a maioria de nós.

[Principais aspectos negativos] A moto é ótima, porém tem algumas coisas que eu acho que poderiam melhorar. O banco é um pouco duro, a bolha não protege com eficiência e a autonomia precisava ser maior. O bagageiro deveria ser mais robusto para suportar o top case. Não custava nada ser de alumínio. O filtro de óleo é muito exposto. Porém, nada disso desqualifica a moto.

[Defeitos apresentados] Não

[Concessionárias] Até agora só fiz revisão. E não tenho do que reclamar.

[Comentários adicionais] As motos em geral deveriam ter algum porta objetos para colocar carteira, controle ou pequenos objetos.
Essa moto é grande o suficiente para ter algo do tipo. Pesquisei muito antes de trocar minha Versys 650. Olhei todas as motos da categoria até mesmo as que já havia descartado no início. No final fiquei entre a MT09 Tracer e a V Strom, mas optei pela segunda pelo equilíbrio do conjunto, guidão mais estreito e o motor ser mais amigável.

[Best Cars] Resolvi colaborar dando a minha opinião, pois este foi um dos locais que consultei e até agora os relatos foram bem acertivos. As pessoas que opinaram foram bastante honestas.

[Data de publicação] 15/6/18

 

 

[Nome] Claudio Castilho
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Motor] 1.000
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento]
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 4
[Conforto] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Motor, com muito bom torque já em baixas rotações, estabilidade a 120-150 km/h e conforto. Além disso é ágil para o peso que tem, dá para utilizar ela na cidade, se necessário. Não vejo big trail com melhor relação custo/benefício. Não esquenta as pernas. Não pretendo trocar de moto tão cedo.

[Principais aspectos negativos] Poderia vir com cavalete central e malas laterais. No site da montadora mostram malas laterais originais, mas elas não existem nas concessionárias. Faz falta também uma tomada USB.

[Defeitos apresentados] Antes de 10.000km os rolamentos da roda traseira começaram a estalar, coisa que estranhei, pois em nenhuma moto anterior minha isso aconteceu. Mas foram trocados sem custo, por conta da garantia.

[Concessionárias] Via de regra, concessionárias (de qualquer marca) não transmitem confiança, então evito-as o tanto quanto possível.

[Best Cars] Boa idéia! A opinião de quem tem a moto e roda com ela é uma boa fonte de informação para quem está pensando em comprar uma.

[Data de publicação] 6/4/18

 

 

[Nome] Sergio Augusto Pinto
[Cidade] Rio de Janeiro
[Estado] RJ

[Modelo] Suzuki V-Strom 1000
[Versão] ABS
[Motor] 1000
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 5
[Conforto] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Moto muito confortável e bonita demais. O fato de regular a bolha é um diferencial muito bem vindo. Tenho a impressão de estar em um cockpit, o painel de instrumentos é um show a parte. Ronco do motor é delicioso e a moto tem uma pegada muito boa, sem dizer que uso quase que diariamente e passa no corredor muito tranquilo. Instalei nela: protetor de punho, proteção de filtro, descanso central, protetor de moto e filtro . O farol auxiliar da GIVI instalei mais para dar um plus a mais porque o farol ilumina muito, mas muito bem mesmo.

[Principais aspectos negativos] Sai da VSTROM 650 para esta e o que sinto como ponto negativo é que o banco da 650 era mais macio; porém tenho esse sentimento porque tive a outra versão, não que o banco seja duro; mas é questão de “sentimento”.

[Defeitos apresentados] Não redonda demais.

[Concessionárias] Esta é a segunda moto que tenho da SUSUKI e somente elogios mesmo. A concessionária que adquiri as motos ficam em Botafogo (EGO Motos) e time bem preparado e o agendamento, bem como a entrega é de acordo com o prometido.

[Comentários adicionais] Estamos falando de uma moto acima de 45k, mas sem dúvida vale muito a pena a compra. Claro que precisa ser levado em conta o seguro. Moro no interior com isso o seguro não é absurdo. Por favor não cogite comprar sem assegurá-la, a não ser se tiver uma grande sobrando porque é um valor considerável.
Recomendo ela e claro não podendo comprá-la, compre a VSTROM 650 XT e tenha certeza que a felicidade será muito, mas muito parecida mesmo.

[Best Cars] Parabenizo a Best Cars por esta iniciativa.

[Data de publicação] 12/1/18

 

 

[Nome] Afonso Amorim
[Cidade] Recife
[Estado] PE

[Motor] 1000
[Ano-modelo] 2017
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 5
[Conforto] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Depois de muitos anos pilotando motos esportivas de quatro cilindros, decidi me arriscar na categoria de motos big trail, que priorizam o conforto em viagens de longa duração. E não me arrependi nem um pouco! A moto é ágil, confortável, muito prazerosa de pilotar. Tem suspensão muito macia. A bolha alta permite pilotar por muitas horas sem o desconforto do vento batendo na cara. Os bancos são largos. Muito mais confortável também para o garupa. Consumo na pista chega a 20 km/L, desde que não se exceda muito a velocidade. Motor potente, tem pouca vibração. Freios excelentes. Câmbio perfeito. Moto bonita e só vejo qualidades. Excelente custo beneficio. As concorrentes são muito mais caras se, oferecer nada que justifique isso.

[Principais aspectos negativos] Cheguei agora aos 3.000 km. Nenhum problema. Acho a moto perfeita. Continuo cada vez mais fã da marca Suzuki. A V Strom é minha quarta Suzuki.

[Defeitos apresentados] Nada!

[Concessionárias] Até agora, nada a reclamar. O único inconveniente é que só temos uma concessionária Suzuki no Recife, e por isso nem sempre se pode agendar uma revisão em curto prazo. Parece que eles vivem sobrecarregados de serviço.

[Comentários adicionais] Excelente opção para quem curte viagens longas, com segurança, economia e conforto para piloto e garupa. Não tem como se arrepender de escolher uma moto dessa.

[Best Cars] Mais uma vez deixo minha contribuição, retribuindo o benefício que outros donos me proporcionam, sempre que desejo trocar de moto ou carro.

[Data de publicação] 1/12/17

 

 

[Nome] André Kleiber
[Cidade] Itupeva
[Estado] SP

[Modelo] Suzuki V-Strom 1000
[Versão] Abs
[Motor] 1000
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 5
[Conforto] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Pelo preço, não há nada que se compare. Anda bem, é confortável, é robusta, não dá pepino. Já é minha segunda (roubaram outra igual), acho q só não vende mais pq a Suzuki vacila no marketing, não oferece pra comparativos, etc. Não tenho do que reclamar.

[Principais aspectos negativos] Poderia vir d fábrica com cavalete central, no mínimo. Um aquecedor de manoplas tb seria bom. Mas com o que se economiza na compra, dá pra instalar e ainda sobra um troco.

[Defeitos apresentados] Até hj não deu nenhum defeito. A anterior tb nunca parou. Já tive outras Suzuki e sempre foi assim.

[Concessionárias] Fui bem atendido quando precisei nas revisões regulares

[Data de publicação] 20/10/17

 

 

[Nome] Inácio Junior
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] ABS
[Motor] 1000
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 5
[Conforto] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] posição da pilotagem e extremo conforto para longa viagens, cheguei a fazer 1400 km em um único dia. É uma moto extremamente confiável e a rede de concessionários permite fazer possíveis manutenções em longas viagens no Brasil e américa do sul.

[Principais aspectos negativos] O curso das suspensões para o off road, ela vai de boa no off, mas temos que ter cautela redobrada.

[Defeitos apresentados] nunca apresentou problemas.

[Concessionárias] nunca tive problemas nas redes concessionárias da Suzuki, já é minha segunda dl e utilizei os serviços em Goiânia – go, São Paulo – sp e rio grande – rs .

[Comentários adicionais] melhor custo beneficio do mercado.

[Best Cars] este espaço é de grande utilidade para futuros proprietários que tem aqui uma referência para a sua decisão, parabéns pela iniciativa.

[Data de publicação] 21/10/16