Honda XRE 300

Honda XRE 300

 

Participe: envie opinião sobre sua moto

 

[Nome] Rodrigo Artur
[Cidade] Contagem
[Estado] MG

[Modelo] Honda XRE 300
[Versão] ABS
[Motor] 300
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 4
[Conforto] 5
[Motor]
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] observem que alguns pontos parecem fúteis, mas se vocês compararem com outras motos, muitos desses pontos são diferenciais. • Moto super, muito confortável. (Parece que não existe buraco no asfalto); • Ótimo consumo (média dentro da cidade de 26KM/L velocidade até ~ 100 KM); • Baixo custo de manutenção (não contando com o cabeçote que tive que trocar); • Ótima posição para pilotar, no transito também é super fácil pilotar nos corredores; • Mota com venda garantida (desde que bem conservada); • Cambio e embreagem super macio (logo abaixo vocês irão entender o porquê desse ponto); • Freio muito bom (A minha XRE tinha ABS combinado com 3 pinças na roda dianteira. A nova XRE 2019 não tem mais esse benefício, lamentável essa economia por parte da Honda) • Já vem com a rabeta já pronta para instalar o Baú) • Pequeno para-lama para proteger a suspensão traseira (na CB 500 isso não vem); • Roda raiada muito resistente e passa mais segurança do que as rodas de liga leve; • Moto com ótima altura do solo, vence obstáculos fácil.

[Principais aspectos negativos] • Motor esquenta de forma considerável; • Cabeçote certamente um dia irá trincar (média de R$ 1500,00 a R$ 2000,00 a troca com já mão de obra). Dizem que o problema foi resolvido a partir da 2017, procurem saber se resolveram mesmo. • A moto é trail mas 95% utiliza no asfalto, considero esse ponto como negativo: O pneu metzeler que vem na moto não é bom para cidade, a Honda poderia já vender como pneu misto. • A moto com certa frequência, ao parar no sinal de transito as vezes desligava do nada. Acho que tem relação com o problema do cabeçote. Se fosse fazer uma média, isso acontecia pelo menos uma vez a cada dois dias.

[Defeitos apresentados] Cabeçote somente. O resto foi somente manutenção normal.

[Concessionárias] Sem reclamações.

[Comentários adicionais] • Se a Honda fizesse uma XRE 500 CC refrigerada a água com a mesma estrutura, seria a moto mais vendida do Brasil fácil.

[Best Cars] Ótimo para tirar duvidas antes da nova moto.

[Data de publicação] 14/11/19

 

 

[Nome] Mario Ulisses Amaro da Silva
[Cidade] Belo Horizonte
[Estado] MG

[Motor] 300
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 4
[Conforto] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Consumo de combustível Urbano (30 km/l), freios, embora não ABS, excelentes, custo de manutenção ridiculamente baixo. Enfim, há tempos quero migrar para uma moto maior e fico com medo porque a XRE atende praticamente tudo, exceto viagens longas.

[Principais aspectos negativos] Tentei lembrar de algum, mas acho que nem tem.

[Defeitos apresentados] Então. Aqui vai o motivo de ter escrito esta avaliação. Como vários donos já mencionaram, a minha se desligava com frequência. Nem lembrava mais disso. Aí, a bateria venceu e comecei a fazer pegar no tranco. Não deu outra, queimou a bomba de gasolina. Custo dobrado: a bateria e a bomba, pra deixar de ser bobo. Em compensação, nunca mais se desligou e só hoje, lendo outras avaliações, me dei conta disso. Também teve vazamento de óleo no cabeçote, que deixava sujo o motor. Fácil e barato de resolver, há dois anos. Não deu mais problema.

[Comentários adicionais] Como disse acima, dá medo de trocar. Talvez pegue outra, zero, só pra não deixar ficar muito velha.

[Best Cars] Excelente. Nada como ter a opinião dos donos.

[Data de publicação] 28/6/19

[Nome] Oseias
[Cidade] Barueri
[Estado] SP

[Versão] SEM ABS
[Motor] 300
[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 4
[Conforto] 4
[Motor] 1
[Desempenho] 3
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios]
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 1

[Principais aspectos positivos] Moto boa de pilotar, excelente suspensão, não existe buraco para essa moto.

[Principais aspectos negativos] Cabeçote. A parte principal de um veículo é o motor, mas o motor dessa moto deixa a desejar. A Honda fez um projeto porco, todos os cabeçotes sempre trincam, deixando o consumidor na mão, e para piorar, exigem que você tenha feito as revisões na concessionária para trocar um cabeçote que foi mal feito. Querem empurrar a bomba para o consumidor, em vez de assumir o erro. A minha moto trincou o cabeçote com 33 mil km, e se negaram a trocar porque só foi feita uma revisão na conce$$ionária. HONDA NUNCA MAIS!

[Defeitos apresentados] cabeçote trincado, apagões, bateria dura pouco, já estou na quarta bateria

[Concessionárias] Péssimo. Só servem para tirar dinheiro dos desavisados, com seus serviços mal feitos e superfaturados.

[Comentários adicionais] não comprem xre 300 ou cb 300! É cabeçote trincado na certa!

[Best Cars] Excelente, um lugar onde podemos expressar nossa opinião.

[Data de publicação] 19/10/18

[Nome] Nilson Bezerra
[Cidade] Caucaia
[Estado] CE

[Motor] 300
[Ano-modelo] 2013
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 4
[Conforto] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] -Moto muito honesta. É uma moto pro dia a dia que definitivamente topa tudo. -Agora está com 63 mil km e só revisões normais. -Chassis muito forte e resistente contra corrosão. Balança e rodas de alumínio muito resistentes e não enferrujam também. -Motor torcudo, desenvolve bem e é bastante econômico. Faz de 27 a 30 km/l (depende do piloto né). Não vejo necessidade de uma sexta marcha. -Suspensão muito boa, verdadeira devoradora de buracos e lombadas. As suspensões da xre já me tiraram de vários apuros e de quedas “certas”. -Muito boa pra cidade, forte e muito ágil. Guidão passa por cima dos retrovisores e ignora-se defeitos no asfalto. Na cidade só perde mesmo pra xt 660. -Muito mais fácil de achar peças e acessórios. Peças como pastilhas de freio, kit tração, pneus, etc tem boa durabilidade. -Os freios são muuuuuuito superiores aos da concorrência. Basta tocar no manete que ad pinças mordem com vontade. Não troco minha bicuda por nada!

[Principais aspectos negativos] -É um tanto baixinha pra quem tem mais de 1,8 m de altura. Mas resolve-se isso com acessórios. -O farol é muito ruim pra regular a altura do faxo. Ou você deixa ajustado só para piloto ou para piloto+garupa. -O motor demanda carinho e observações… O que é normal em todo veículo. Não tem erro! Ela não quebra do nada! Se algo estiver errado ela vai dar sinais e dará tempo de corrigir.

[Defeitos apresentados] Sim. A maioria dos defeitos ocorreram por falta ou necessidade de manutenção. -Simplesmente não eu não verificava as válvulas… Até que elas prenderam e tive que mandar regular. Uma regulagem feita aos 19 mil km e outra aos 51 mil km.
-Por falta de lubrificação tive que trocar a caixa de direção. -Normalmente ultrapasso o limite de carga da moto que é de 155 kg (coloco 190 kg) e por isso tive que trocar a mola traseira aos 56 mil km. -Acionador do tensor da corrente de comando trocado aos 60 mil km E só

[Concessionárias] É útil algumas vezes… As vezes que precisei fui muito bem atendido. Mas a maioria dos mecânicos precisam ser capacitados adequadamente. Conta-se nos dedos os mecânicos que são bons. A maioria das concessionárias pratica preços abusivos, tanto nas motos quanto nas peças de reposição.

[Comentários adicionais] Muitas xres deram defeito e muita gente sofreu por escolher essa moto. Mas eu não tenho o que falar da minha! Nem se eu quisesse. A moto é muito boa e apaixonante. Já viajei, já fiz trilha, já cai, já fugi de bandidos, já fiz preparação nela… Serve pra tudo. Definitivamente a xre não é esse lixo que muitos dizem! É apenas uma moto normal… como qualquer outra, com seus prós e contras. A maioria que deprecia a xre nem teve a moto e inventa aquele blá blá blá da moto do primo da amiga da empregada da minha vizinha…

[Best Cars] SEMPRE quiz contribuir com essa seção e com este site, pois já me ajudou muito no passado. BCWS está de parabéns.

[Data de publicação] 17/11/17

[Nome] Renato Mendes
[Cidade] Marília
[Estado] SP

[Motor] 300
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 5
[Conforto] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] suspensão na medida, nem macia nem dura demais, freios bem dimensionados, boa potência e torque, baixo consumo urbano. A partir do modelo 2016 ela vem com radiador de óleo maior e também um defletor que direciona ar frontal direto na vela de ignição; acho que vai minimizar os casos de trinca no cabeçote.

[Principais aspectos negativos] dona Honda, cadê a sexta marcha ? O motor sofre na estrada e em alguns trechos urbanos de maior velocidade. Perdeu a trava shutter key. Kit de ferramentas vem uma chave de vela e…….nada mais !

[Defeitos apresentados] nenhum defeito, porém atenção proprietários de xre e outras motos também : no manual diz que vai 1,5 l de óleo no motor. No entanto se vc fizer a medição como manda o manual (“aqueça o motor por 5 minutos e aguarde 2 a 3 minutos para efetuar a medição….”) vai descobrir que é necessário 1,8 l para dar o nível máximo. Fiquem atentos a isso !

[Concessionárias] infelizmente os mecanicos desconhecem até mesmo o procedimento correto pra medir o nível de óleo ! Precisa escrever mais ?

[Comentários adicionais] Troque o óleo no máximo a cada 3.000 km pois esse óleo original 10W30 é fino demais. É troque sempre o filtro de óleo junto, caso contrário é como tomar banho e não trocar a cueca.

[Best Cars] Verdadeira referência em duas e quatro rodas. Bem que poderia fazer uma matéria sobre a maneira correta de medir nível de óleo, pois são diferentes entre carros e motos e opessoal não lê manual.

[Data de publicação] 30/6/17

[Nome] Gilberto Moreno
[Cidade] Varginha
[Estado] MG

[Motor] 300
[Ano-modelo] 2010
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 4
[Conforto] 4
[Motor] 1
[Desempenho] 3
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 2

[Principais aspectos positivos] Confortável, boa dirigibilidade, versátil.

[Principais aspectos negativos] O motor é ruim devido ao famoso problema do cabeçote, que faz a moto desligar, fica ruim para ligar, já quase tive acidente por esse motivo. A moto passou por um RECALL no primeiro ano, num defeito constatado pela Honda na Injeção Eletrônica, eu gostaria de saber porque não há um novo RECALL sobre este defeito no cabeçote, já que li vários relatos sobre este defeito com Xre de diversos anos de fabricação. Será que não ficou constatado que é um defeito na fabricação ?

[Defeitos apresentados] Sim, desligar sozinha, dificuldade para ligar novamente, apagar em movimento, em baixa velocidade.

[Concessionárias] Quando ainda estava na garantia usei a concessionária sem problemas, hoje levo no mecânico de confiança.

[Comentários adicionais] É uma moto gostosa de andar, confortável, mas o defeito faz com que seja perigosa.

[Best Cars] Achei excelente esta seção, pois podemos comentar sobre nossos veículos, sendo uma opção de informação para quem procura comprar um veículo.

[Data de publicação] 16/6/17

[Nome] Ivan Petry
[Cidade] Curitiba
[Estado] PR

[Versão] ABS 300
[Motor] 300
[Ano-modelo] 2011
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento]
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 5
[Conforto] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio]
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Muito econômica..faz de 25 a 30 km/l, muito boa suspensão e dando muito conforto.
a moto nunca deu nenhum defeito. NADA.

[Principais aspectos negativos] o comando de válvulas do cabeçote…que tem que abrir a cada 25000 km aprox. para ajustes das válvulas. a minha foi aberto com 25000 e somente uma estava fora de medida. teria que dar 0,12 e deu 0,05. gastei r$ 100 para regular, talvez porque uso óleo militec e a cada 5000 km uso tambem um aditivo na gasolina… os que falam do cabeçote, talvez porque não fazem a manutenção, só rodam até quebrar. a moto da sinais, por exemplo morre de manha varias vezes enquanto motor esta frio. porque a válvula esta enforcada.

[Defeitos apresentados] a moto nunca deu nenhum defeito. NADA. SÓ ALEGRIA.

[Concessionárias] muito caro as peças. mas tem.

[Comentários adicionais] a moto é muito boa. melhor que minha HARLEY 883 que tinha antes dela. em estrada com garupa o motor fica fraco…mas sozinho o velocímetro vai a 155 km/h. rapida para chegar ate os 130km/h… boa retomada. e razoável em ultrapassagens em estrada.

[Best Cars] continuem apoiando os leitores

[Data de publicação] 19/5/17

[Nome] Alexandre Braga
[Cidade] Belo Horizonte
[Estado] MG

[Motor] 300cc
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 2
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 1
[Conforto] 4
[Motor] 1
[Desempenho] 1
[Consumo] 1
[Câmbio] 1
[Freios] 3
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 1

[Principais aspectos positivos] A moto não tem nada de positivo, Tenho a moto aproximadamente 2 anos e meio, a comprei zero, o primeiro defeito, ocorreu com 3000 mil km, com apagões e vazamento, depois com 6000mil km outro vazamento e cabeçote trincado, mais um vazamento com 9000 mil, depois disso coloquei a Honda da amazonas na justiça, ela pediu perícia técnica para ver se é defeito de fábrica, e meu motor está vazando de novo na parte de baixo do cabeçote pela quarta vez, é uma vergonha a Honda tirou a 300 de linha para maquiar os defeitos de toda linha 300 e não resolve o problema do consumidor, essa é a marca Honda, que todo mundo confia e lesa todos os clientes do mundo inteiro

[Principais aspectos negativos] O meu descanso quebrou do nada sozinho, o acabamento de péssima qualidade, e a qualidade desse motor da linha 300 e nota zero, pra quem teve os mesmos problemas que eu sabe do que estou falando

[Defeitos apresentados] Vários defeitos no motor

[Concessionárias] Satisfeito com a minas moto,

[Best Cars] Eu gostaria que publicassem a verdade sobre a xre 300 e a cb 300, parecem produtos descartáveis

[Data de publicação] 5/5/17

[Nome] Hildebrando Dias
[Cidade] rio de Janeiro
[Estado] RJ

[Versão] s/abs
[Motor] 300
[Ano-modelo] 2011
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos]
[Conforto] 5
[Motor]
[Desempenho] 3
[Consumo] 4
[Câmbio]
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Consumo e dirigibilidade

[Principais aspectos negativos] Falta de uma 6ª marcha, falta um pisca alerta

[Defeitos apresentados] O motor apaga quando baixa o giro. Existem vários relatos deste problema e a Honda não se pronuncia. Tenho a moto desde zero e quando estava nova (na garantia) o motor apagou no meio da rua e não pegava de jeito nenhum. Levada para a autorizada disseram que era bateria. Como poderia ser bateria pois quando tentava ligar a bateria sempre dava sinal de que estava com carga? Este problema se repetiu e mais uma vez a autorizada Honda disse que era a bateria.

[Concessionárias] Como não deu mais problemas, exceto da moto “morrer”, não tive problemas.

[Comentários adicionais] A moto está com um pouco mais de 12 mil Km. Por enquanto não tive problemas de vazamento de óleo na junta do cabeçote.

[Best Cars] De grande importância relatar e saber dos problemas de outras motos.

[Data de publicação] 24/2/17

[Nome] Cleciano
[Cidade] Barra Mansa
[Estado] RJ

[Motor] 300
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 2
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 3
[Conforto]
[Motor] 3
[Desempenho] 3
[Consumo] 3
[Câmbio] 2
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Moto macia com ótima posição de pilotagem, consumo adequado para o objetivo.

[Principais aspectos negativos] A moto vive morrendo, fiz reclamações na concessionária: – 1ª reclamação com 01 mês da compra; – 2ª reclamação, na primeira revisão de 1000 km ou 6 meses (ela estava com 700 km no 6º mês) fiz a mesma reclamação; – 3º reclamação, na segunda revisão de 01 ano (ela estava com 1800 km) fiz a mesma reclamação; Nas três reclamações a resposta foi que isso é normal nessa moto e que não tinham nada a fazer. Não fizeram nem o registro oficial de minha reclamação… Péssimo resultado no pós da HONDA.

[Defeitos apresentados] A moto vive morrendo. Estou com medo de ser derrubado pela moto, que morre antes de um quebra molas, na entrada de uma curva e as vezes em simples reduções em retas.

[Concessionárias] Não gostei do atendimento da concessionária de Volta Redonda-RJ na revisão de 1 ano (1800 km rodados – pouco usada)

[Comentários adicionais] Piloto do mesmo jeito outras motos diferentes e não acontece a mesma coisa.

[Best Cars] É ótimo ter um canal sério que nos dê a oportunidade de fazer avaliações/reclamações de um bem depreciável de alto valor agregado que deve ter no mínimo por parte dos fabricantes e revendedores um comprometimento com as soluções de problemas.

[Data de publicação] 27/1/17

[Nome] Ricardo Jacon Martins
[Cidade] Araçatuba
[Estado] SP

[Ano-modelo] 2014
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Conforto] 2
[Motor] 2
[Desempenho] 3
[Consumo] 5
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] A altura da moto e a absorção de irregularidades do asfalto são o ponto positivo desta moto, juntamente com o fator dela ser FLEX. nunca tive problemas na hora da partida, mesmo abastecida com etanol.

[Principais aspectos negativos] a falta do lampejador para farol, falta da 6° marcha, tanque pequeno, e o tão falado vazamento de óleo e fragilidade do cabeçote. A minha não apresentou tal vazamento, mas devido à tantos comentários, eu uso a minha de forma muito conservadora para não forçar. O câmbio muito curto, e a moto pede marcha a todo instante, parece uma moto de menor cilindrada, que neste caso não faz a menor diferença. Pneus com câmara. Banco muito duro e joga você pra frente. Poderia haver regulagem para suspensão traseira não afundar tanto com garupa. Retrovisor não é tão bom quando das concorrentes japonesas, parece que o campo de visão é pequeno, e você tem que ficar ajustando quando está na cidade e na estrada, pra enxergar de longe e de perto.

[Defeitos apresentados] comprei usada, e uso muito pouco no momento. Só apresentou desgaste e folga no rolamento da caixa de direção.

[Concessionárias] Não utilizo. Prefiro meu mecânico de confiança, que não ganha na venda de peças e sim na mão de obra.

[Comentários adicionais] Para aqueles que buscam uma moto versátil é uma opção, mas a Honda deveria ter a qualidade que seus consumidores acham que ela tem. Eu vim de Yamaha e Suzuki, e sinceramente, a Honda deixa a desejar. Não é tudo aquilo que dizem.

[Best Cars] Site é muito idôneo em suas matérias, não pendendo pra lado nenhum.A volta do espaço para as motos com certeza me fará visitar o site com mais freqüência. Gostaria de ver mais matérias com os carros ” mais acessíveis” do mercado brasileiro. Sempre que pretendo trocar de veículo costumo dar uma boa olhada nesta coluna. Parabéns.
[Data de publicação] 12/8/16