Honda Lead 110

Honda Lead 110

 

Participe: envie opinião sobre sua moto

 

[Nome] Robert Stephen
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Motor] 110
[Ano-modelo] 2010
[Quilometragem atual] 60.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Mais de 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 5
[Conforto] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 3
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Após 60 mil km desde zero acho que posso comentar com bastante propriedade sobre o meu Lead 10/10 prata! Resumindo , estou reticente quanto a comprar qualquer coisa para substituí-lo , e por que substituí-lo? Sei lá . E vamos aos fatos: é o veículo que mantive por mais tempo e km, entre carros e motos , sendo em ordem desde minha primeira, uma 400FOUR, Spacy, Suzuki V100, duas Biz. Foi retirado de linha por inadequação com o Promot4, mas sempre passou com emissão quase zero no então Controlar do Kassab , tipo deu de ombros pra coisa, mas saiu de linha por isso … Tem um design contido , de bom gosto, sobreviveu à primeira Burgman 125 que era interessante , e à segunda que era feia mesmo e matou o modelo. Acabamento OK , sem ruídos plásticos aos 60k km , mas as saias estão se soltando, o que segundo meu amigo mecânico da Honda é isso mesmo com o tempo. Materiais utilizados bons e nada passa a impressão de barateamento , o que não se pode dizer de um modelo que eu cogito , o SH300i , que não tem forração do seu (minúsculo) baú; o do Lead é 2 ou 3 vezes maior e é forrado com carpete. Foi um projeto brilhante ! Tanque lá embaixo para dar espaço no baú , baixar o centro de gravidade, facilitar o abastecimento sem abrir o assento, enfim , uma aula de design . Desempenho adequado à proposta , que é agilidade na cidade, sem assombrar ninguém , e desaconselhável para uso na estrada, mas tem centenas de opções para tal. Apesar de que já fui várias à Praia Grande , Indaiatuba , e essa versão 2010 limitada a 84 mk/h nunca me incomodou , nem caminhoneiros, ônibus, etc , todos bem civilizados. Por mim , estrada OK a cruzeiro de 70/75 km/h. ´Decolagens´ pra mim são um ponto muito prazeroso – como num avião acessar a pista saindo do táxi levemente dosando o acelerador , não há trepidação e se ouve o motor suave que sobe de giro sinfonicamente , como se tivesse 4 cilindros e não um ! A 50 k/h não se ouve o motor (o que na NMax se ouve sem sombra de dúvida e nem agradável o barulho é … ) e a 60 passa a se ouvir o motor que ´enche´ até 75, e alí acabou a diversão , a faixa útil e estreita mas sensata. Destaco a suavidade absoluta de um motor balanceado, quase elétrico , bem projetado. Não é um NMax ou um SH. A Spacy era parecida. Suspensões lidam bem , xinga-se sim a buraqueira , mas ela lida . Estabilidade em curvas rápidas como num trilho , até com o luxo de mudar de faixa, sem balanços . Em baixa então , está no seu elemento. Freios , uso quase só o CBS com umas mordidas do disco , e o desgaste de lonas e pastilhas está OK. Consumo de 38. Posso falar até amanhã sobre o que eu gosto no Lead, mas é isso . Ah , e tem ´freio de mão´ , ia esquecendo.

[Principais aspectos negativos] Tive que comprar um descanso lateral , porque na época ele vinha sem . A Honda dá umas derrapadas, fato. E o tal descanso raspa fácil em curvas pra esquerda , e como é fixo e não retrátil isso põe em risco a estabilidade. Pensando bem , ponto pra Honda , e erro de projeto. Fluido do disco , tem um visor na carenagem do painel – alguém consegue ler aquilo? O mesmo vale pro visor do flúido do radiador, dentro do baú . Ajuste dos retrovisores se se soltarem ; tem que ser um gênio pra aprender aquilo ou simplesmente perder um tempo e passar num Honda – ajustam com o maior prazer, e vc sai com cara de Zé. O câmbio CVT merece um comentário aqui , apesar de no geral excelente – acho lento , pouco reagente ao punho , o giro sobe bem preguiçosamente quando se precisa usar tudo que o motorzinho pode oferecer. No mercado paralelo deve haver opções de roletes etc que deixam a coisa mais animada , mas prefiro a originalidade. Consumo de óleo , alto eu acho , depois que a Honda passou a adotar como padrão o ralinho 10-30 semi-sintético (no manual ainda aparece o mineral 20-50) mas o funcionamento com o novo ´padrão´ é normal. Velocidade máxima limitada; eu acho que eu não seria normal se eu não reclamasse disso , e não estaria pensando numa opção para pegar a estrada.

[Defeitos apresentados] Defeitos de Honda Lead que todo proprietário acho que conhece – ESTALOS explosivos na ignição . Surpreende os distraídos ao redor. Ultimamente a minha tem sido mais vocal , EXPLODE mesmo, e falha algumas até girar o arranque . Normal , segundo meu amigo da Honda. O desenho do pezinho (descanso lateral) que raspa em curvas à esquerda. No mais , o Lead tá me olhando de sombrancelha erguida enquanto eu tento pensar.

[Concessionárias] Não estão a fim de vender , não querem , não sabem , ou sei lá. Já fiz test ride numa SH300 , já passei tempo em concessionárias trocando papo com alguns simpáticos, já troquei Whatsapp com vendedores , e teria comprado uma 300 se houvesse ímpeto de retorno dos vendedores , mas ainda estou com meu ótimo Lead. Me parece que a ordem do dia da Honda é ´deixe que comprem se quiserem´. Recebo SMS desesperados da Honda pra comprar estoque antigo da 300 , mas a equipe de vendas está bonita lá , não dando continuidade a minhas visitas às suas concessionárias. Muito pobre em vendas. Mecânica , bons , outro papo; bem informados os mecânicos , e costumo obter informações deles ao invés do pessoal de vendas, que eu passo batido.

[Best Cars] Fico contente de que voltaram. Muito útil .

[Data de publicação] 6/9/18

 

 

[Nome] Rogerio Venturella
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Motor] 110CC
[Ano-modelo] 2014
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 3 a 5 anos

[Grau de satisfação com a moto] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 2
[Conforto] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 3
[Suspensão] 2
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Uma pena terem tirado de linha! O melhor baú interno (apenas a Citycom tem um tão grande). Permite carregar laptop/mochila. O desempenho geral da scooterzinha é sensacional para uma cidade como SP. O único pecado, fica por conta da suspensão dianteira que é ‘abaixo da crítica’ – parece estar ‘vazada’…. dura, barulhenta… não tem nada a ver com a excelente suspensão traseira!
Econômica e com manutenção barata! Saiu de linha, dizem que por conta da emissão/gases… a PCX e SH de mesma cilindrada (160cc na casa dos R$ 12.000,00) são ótimas, mas a distancia de preço permitiu uma lacuna importante que a Honda deixou para tras! (R$ 7.000,00). Deixou saudades… ainda tenho a minha e usarei até acabar…. vejo muitos comentando sobre a Lindy 125…. por R$ 6.000,00 -alguém pode falar algo sobre ela?

[Principais aspectos negativos] Suspensão dianteira! Dura, pouca carga e barulhenta!

[Defeitos apresentados] Nada, é excelente neste aspecto…

[Concessionárias] Honda é cara, porém a manutenção deste modelo é muito em conta!

[Comentários adicionais] Qual será sua substituta?

[Best Cars] Excelente poder trocar idéias e ler análises de outros compradores.

[Data de publicação] 23/2/18

 

 

[Nome] Ricardo Brankowski
[Cidade] Porto Alegre
[Estado] RS

[Motor] 110
[Ano-modelo] 2009
[Quilometragem atual] 150.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Conforto] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Muito econômica, já fiz 48 km/l, todos os dias busco minha esposa no trabalho e a média se mantem em 40 km/l. Desempenho muito bom para uma scooter de baixa cilindrada, arranca junto com todo mundo sem problemas mesmo com garupa e compras por exemplo. Freios excelentes e tem freio de estacionamento que auxilia se você precisa por exemplo pegar algo no bolso e soltar o guidon pois como não tem o tanque no meio das pernas você não consegue segurar ela sem as mãos se não estiver sentado nela. O espaço embaixo do banco é excelente, cabe muita coisa e liberou o tanque para o assoalho então não precisa abrir o banco para abastecer.

[Principais aspectos negativos] Falta hodômetro parcial, relógio e lampejador do farol alto. A tampa do vaso de expansão do arrefecimento deveria ser transparente e não deveria ser parafusada, complica e faz o usuário esquecer de cuida a água do radiador. O porta luvas entra água facilmente.

[Defeitos apresentados] Radiador apresentou vazamento, creio que por desleixo do dono anterior que nunca trocou a água do radiador, mesmo assim achei que a peça seja frágil mesmo.

[Concessionárias] Procurei os suportes dos retrovisores dianteiros e não tinha, só encomenda, 120 cada um, uma peça pequena ridícula. Depois procurei o radiador, 1080 reais, um radiador que não tem um palmo de tamanho, mandei arrumar não ia gastar 1/8 do valor da moto num radiador.

[Comentários adicionais] Excelente opção para uso urbano, melhor compra que fiz, pena que as peças são caras na Honda compro as peças em outros lugares e faço a manutenção em casa.

[Best Cars] Melhor site sobre veículos no Brasil, sempre imparcial e completo.

[Data de publicação] 26/8/16

 

 

[Nome] bruno leonardo j nunes
[Cidade] rio de janeiro
[Estado] RJ

[Ano-modelo] 2009
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 3
[Conforto] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 2
[Estabilidade] 3
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] muito boa de andar,confortavel e tem uma boa durabilidade,entre as scooter é a melhor,anda bastante.

[Principais aspectos negativos] muito baixa e para onde eu moro as ruas nao sao muito boas,bater muito em quebrabola,o penel gasta rapido,e meio cara de mexer nela fora da concessionária.

[Defeitos apresentados] logo com 400 km apresentou defeito no amorteçedo.so isso.

[Concessionárias] fui bem atentido na concessionaria mais para pidir peça(no meu caso)tive que espera 15 dias para chegar

[Best Cars Web Site] otimo site para expressa opiniao para futuros comprado.

[Data de publicação] 5/5/12

[Nome] Alfredo Pertussati Filho
[Cidade] São josé
[Estado] SC
[E-mail] fredifoz@hotmail.com

[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 4
[Conforto] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Cumpre o seu papel como Scooter,ótimo porta objetos sobre o assento.
Freios muito bom com o sistema combinado, uma Scooter com 110cc com radiador de água.

[Principais aspectos negativos] não

[Defeitos apresentados] não

[Concessionárias] já trabalhei em Concessionaria HONDA,e acredito que a Concessionaria de São José em que fiz a compra deixou a desejar no Pós Vendas

[Comentários adicionais] Parabenizo a HONDA por ter lançado essa Scooter.

[Best Cars Web Site] Recomendo a todos este Site, podem sempre que algum conhecido esta em duvida sobre compra de carro ou moto indico o site.
Parabéns por essa canal de ajuda aos futuros e atuais proprietários.

[Data de publicação] 5/5/12