Cara de um, focinho… de outra marca: parte 3

O Citroën ZX e o Opel Astra nasceram juntos, em 1991, e até pareciam gêmeos de alguns ângulos. Interessante é que muito do desenho do ZX já estava em 1988 no Yugo Florida, feito na Iugoslávia — até o limpador de para-brisa monobraço.

 

 

Os sul-coreanos dos anos 90 eram como alguns chineses de hoje: uma mistura de estilos ocidentais. Que o diga o Daewoo Super Salon (em cima), um sedã de 1994 com mecânica GM que foi vendido no Brasil: era clara a vontade de se parecer com o Mercedes-Benz Classe S da geração W140, de 1991. Será que ele conseguia?

 

Quando a Ferrari lançou o 360 Modena (em cima), em 1999, chamou atenção a frente com grandes tomadas de ar e a parte central mais alta. Novidade? Não. O inglês McLaren F1 tinha a mesma solução seis anos antes.

 

 

A Volkswagen precisava desenhar o Polo sedã de 2002, mas não queria uma miniatura do Bora ou do Passat. Pelo jeito, a inspiração veio do Oriente: as lanternas traseiras pareciam muito as do Toyota Corolla 1999-2002 (à esquerda) que havia saído de linha.

 

Eles chegaram ao Brasil quase juntos e com a mesma solução: em 2002, o Chevrolet Corsa (à esquerda) e o Ford Fiesta eram nossos primeiros carros com lanternas traseiras nas colunas. Mas não foram pioneiros na ideia: 10 anos antes, já era assim a perua Volvo 850.

 

A Nissan teve um período de desenho pouco criativo, no qual seus carros pareciam muito os concorrentes. Foi assim com o Tiida, lançado aqui em 2008, uma espécie de Peugeot 307 mais anguloso (fotos de cima). Um ano depois, a Livina parecia uma revisão do estilo do primeiro Honda Fit (embaixo).

 

Não tem jeito: você olha o Lifan 320 (em cima) e se lembra do Mini da BMW, que sem dúvida foi o modelo seguido pela marca chinesa.

 

Quando vê a traseira do Toyota Prius, você se lembra do Citroën C4 de três portas, de 2004? A ideia de usar uma parte vertical de vidro é mesmo parecida, mas vem de longe. Antes do Honda CR-X de 1988, a solução foi usada pelo Maserati Khamsin de 1974.

Mais Curiosidades