VW: os 40 anos do Passat, que supera 20 milhões

 

A Volkswagen comemora os 40 anos de produção do Passat, modelo apresentado em maio de 1973, mas que teve a primeira unidade entregue em julho seguinte. Aquele foi o primeiro de uma série de projetos com motor dianteiro refrigerado a líquido e tração à frente (antes existiu o VW K70, herdado da NSU), que vieram mudar o perfil de uma marca até então associada a motor arrefecido a ar e tração na traseira.

 

 

O atual Passat representa a sétima geração para a VW, que considera os redesenhos de 1993 e 2010 como novas gerações; por outro ponto de vista, o de hoje seria o quinto. A segunda foi a única oferecida como hatch e sedã; a primeira teve apenas carrocerias de dois volumes (hatch, fastback e perua) e, da terceira para cá, não houve mais opção hatch, embora a perua Variant tenha sempre sido fabricada. A fase atual é a primeira a contar com carrocerias diferentes para o modelo europeu e o vendido (e fabricado) nos Estados Unidos. Interessante ainda que o segundo Passat, com o nome Santana, teve grande sobrevida no Brasil (até 2006) e na China (até janeiro de 2013) e foi a geração mais vendida, com 5,5 milhões de unidades. Somados todos os modelos, já chegaram às ruas mais de 20 milhões de Passats.

Confira uma galeria com as sete vidas do modelo e leia sua história publicada em 2012.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação