Volkswagen em Xangai: SMV e “cupês” Taycon e Atlas

Não é por falta de utilitários esporte que alguém deixará de ver o estande da Volkswagen no Salão de Xangai: os alemães apresentam nada menos que três novidades ao mercado chinês. O maior dos SUVs é o SMV, por enquanto conceitual, que será produzido pela associação FAW-Volkswagen. O modelo de sete lugares mede 5,10 metros de comprimento, mais que os 5,03 m do Teramont (nome local do Atlas vendido nos EUA).

 

Com desenho mais elaborado que o habitual na marca, o SMV usa plataforma MQB e motores turbo de 2,0 e 2,5 litros. Este último é um VR6, ou V6 de ângulo estreito entre as bancadas, e fornece 300 cv com torque de 51 m.kgf. Caixa DSG de dupla embreagem e sete marchas com tração integral compõem o grande SUV.

 

 

Os outros dois modelos são intitulados “SUVs cupês”, pelo formato da traseira com vidro mais inclinado. O menor é o conceito SUV Coupe (acima), uma versão informal do Tayron a ser feita pela mesma FAW-VW. Ele mede 4,58 m de comprimento e 2,73 m entre eixos, o que o faz mais compacto que o Tiguan Allspace. Também usa arquitetura MQB e motor turbo de 2,0 litros.

 

Por sua vez, o Teramont X é apenas a variação chinesa do Atlas Coupe norte-americano. Nesse caso a traseira mais inclinada destoa da frente alta e retilínea. Com 4,90 metros de ponta a ponta e 2,89 m entre eixos, o X oferecerá os mesmos motores turbo do SMV, de 2,0 litros (com 186 ou 220 cv) e de 2,5 litros (300 cv).

Mais novidades do Salão de Xangai 2019

Texto da equipe – Fotos: divulgação