Toyota Yaris feito na Malásia é mais seguro que o nosso

 

O Toyota Yaris reestilizado como o modelo brasileiro começa a ser fabricado na Malásia, o sétimo país a produzir essa versão (existem outros Yaris com carroceria diferente para a Europa e os Estados Unidos). O desenho do carro feito em Bukit Raja é igual ao do nosso, mas não o conteúdo: algumas versões oferecem itens de segurança como câmeras de 360 graus ao redor, monitor de veículos em ponto cego nas laterais e em tráfego cruzado na traseira, alertas para saída de faixa e para risco de colisão frontal e freios traseiros a disco, além de rodas de 16 pol. E toda a linha traz de série sete bolsas infláveis.

 

 

Como no Brasil, o motor usado é de 1,5 litro e 16 válvulas, que produz 107 cv e 14,3 m.kgf de torque. As três versões (J, E e G) vêm por padrão com transmissão CVT, que simula sete marchas em operação manual. Os preços convertidos para reais variam de R$ 67.480 a R$ 79.855. Curiosamente, os valores na moeda local, o Ringgit malaio, usam 888 para aproveitar sua conotação positiva na numerologia seguida por lá. O Yaris sedã também é vendido no país, mas com o nome Vios. Os outros mercados que fazem o modelo, além do Brasil, são China, Filipinas, Indonésia, Tailândia e Taiwan.