Toyota Prius tem visual menos exótico e tração integral

 

O Toyota Prius ganha estilo menos exótico e opção de tração integral no modelo 2019, revelado no Salão de Los Angeles. Tanto nos faróis quanto nas lanternas traseiras, desaparece a parte “escorrida” em favor de um formato mais convencional, embora na parte de trás surjam complementos das luzes na quinta porta. No interior foram refeitos o quadro digital de instrumentos e a tela da central de áudio, agora bem maior e vertical, o que deslocou os difusores de ar.

 

 

O Prius recebe de série, nos EUA, um pacote com controlador de distância à frente, alerta para risco de colisão com frenagem automática  e assistentes de farol e de faixa. A versão com tração integral, que já existia no Japão, usa mais um motor elétrico para o eixo traseiro que atua só até 70 km/h. A bateria é diferenciada, com melhor desempenho em baixas temperaturas, e as mudanças não afetam a capacidade de bagagem.

A tração integral deixou o Prius menos econômico, mas ele ainda é o carro com melhor rendimento a oferecer tal recurso nos EUA: 22 km/l no ciclo urbano e 20,3 km/l no rodoviário, contra 24,5 e 22,4 km/l (na ordem) da versão L Eco de tração dianteira, sempre pelos padrões vigentes lá.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação