Segredo mundial: Jaguar E-Pace, SUV abaixo do F-Pace

 

Segredos para o mercado nacional são flagrados com frequência pelos leitores do Best Cars (e muito bem-vindos nestas páginas), mas um segredo internacional não aparece todo dia. Foi o que conseguiu o leitor Flavio de Moura Lacerda, de Ribeirão Preto, SP, em viagem aos Alpes italianos: fotos do novo utilitário esporte da Jaguar.

Como o nome provável E-Pace indica, sua posição na linha será abaixo do conhecido F-Pace, da mesma forma que o XE está sob o XF entre os sedãs. Com o F-Pace competindo com Porsche Macan, Audi Q5, BMW X3 e Range Rover Velar, o E-Pace terá como alvos Audi Q3, BMW X1, Mercedes-Benz GLC e Volvo XC60, além do colega de grupo Range Rover Evoque.

 

 

Apesar dos disfarces, pode-se notar o “ar de família” com o F-Pace, o que deve fazer do novo Jaguar um dos carros mais atraentes do segmento. Não considere as exageradas ondulações abaixo das janelas e a “caixa” que alonga as colunas traseiras: são parte do disfarce. Os motores turbo a gasolina e a diesel da linha Ingenium, com até 290 cv na versão de 2,0 litros a gasolina, devem ser aproveitados assim como a transmissão automática ZF de nove marchas. Uma versão híbrida está nos planos, informam revistas europeias.

A analogia feita acima aos sedãs não significa que o E-Pace usará a plataforma do XE, de motor longitudinal e tração traseira ou integral: para vantagens de espaço interno e eficiência, é provável que recorra à arquitetura de motor transversal e tração dianteira (com opção por integral derivada dela) do Land Rover Discovery Sport, que usa suspensão traseira mais moderna e refinada que a do Evoque. Essa tese parece confirmada pelo pouco espaço entre o eixo dianteiro e as portas, típico de motores transversais.

Acreditamos que o E-Pace apareça em versão final no Salão de Frankfurt em outubro para vendas em 2018. Não resta dúvida de que a Jaguar, em fase de expansão no Brasil, quer vê-lo aqui o quanto antes.

 

Texto da equipe – Fotos: Flavio de Moura Lacerda