Salão: Jaguar já trouxe XE; veja ainda F-Type e XFR-S

Jaguar XE 03

 

Salão de São Paulo 2014Novíssimo — foi revelado em setembro no Salão de Paris —, o Jaguar XE vem ao Salão de São Paulo para trazer a marca britânica ao segmento de Audi A4, BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C, portanto em categoria inferior à do XF. Na Europa são três opções de motores a gasolina: de 2,0 litros com turbo, potência de 200 cv e torque de 28,5 m.kgf; o mesmo com 240 cv e 34,7 m.kgf; V6 de 3,0 litros com compressor, 340 cv e 45,9 m.kgf. As vendas no Brasil devem começar em 2015.

 

 

 

Câmbio automático de oito marchas está disponível para todos. O V6 acelera de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos e alcança velocidade de 250 km/h. O XE é o primeiro modelo da categoria com predomínio de alumínio (75%) na estrutura. Tem tração traseira, a melhor aerodinâmica já vista em um Jaguar de produção (Cx 0,26) e recursos como projeção de informações a laser no para-brisa, tela tátil de 8 pol no sistema de entretenimento, comandos por voz, sistema In Control (que permite controlar pelo celular funções como climatização, travamento das portas e partida do motor) e sistema de áudio Meridian. Os auxílios ao motorista incluem controle da distância à frente, assistente para estacionar e alerta para veículo em ponto cego.

 

 

Outras atrações são o belo esportivo F-Type, mostrado com carrocerias cupê e roadster, e o sedã de alto desempenho XFR-S. O F-Type tem como versão de topo a R Coupé, com motor V8 de 5,0 litros com compressor, 550 cv e 69,4 m.kgf, que se traduzem em 0-100 em 4,2 s e máxima de 300 km/h. O mesmo motor, quando aplicado ao XFR-S, permite aceleração em 4,6 s e igual velocidade.

 

Texto e fotos: Fabrício Samahá