Jaguar XE, agora em detalhes, lança motores Ingenium

Jaguar XE 01

 

Salão de ParisÀs vésperas da abertura do Salão de Paris, a Jaguar divulga em detalhes o XE, seu novo sedã médio-grande XE para a categoria de Audi A4, BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C, com presença já confirmada no evento de São Paulo. Revelado em parte em setembro, o XE aparece agora com detalhes de todas as versões.

São cinco opções de motores: a gasolina de 2,0 litros com turbo, potência de 200 cv e torque de 28,5 m.kgf; o mesmo com 240 cv e 34,7 m.kgf; V6 de 3,0 litros com compressor, 340 cv e 45,9 m.kgf; turbodiesel de 2,0 litros, 163 cv e 38,7 m.kgf e o mesmo com 180 cv e 43,8 m.kgf. Eles podem ser combinados a cinco opções de acabamento (SE, Prestige, R-Sport, Portfolio e S), sendo que a S vem sempre com o motor V6 e é a única a oferecê-lo.

 

 

Os motores a diesel são os primeiros da nova geração Ingenium desenvolvida pela Jaguar Land Rover, enquanto o 2,0 a gasolina permanece de origem Ford, antiga dona das marcas. Câmbio automático de oito marchas está disponível para todos; o manual de seis marchas, só nas versões a diesel. O V6 acelera de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos e alcança velocidade de 250 km/h.

O XE é o primeiro modelo da categoria com predomínio de alumínio (75%) na estrutura. Tem tração traseira, a melhor aerodinâmica já vista em um Jaguar de produção (Cx 0,26) e suspensão dianteira por braços sobrepostos; a traseira é multibraço pelo sistema chamado de Integral Link. O carro mede 4,67 m de comprimento e 2,84 m entre eixos.

 

Jaguar XE 14

 

O interior do novo Jaguar traz recursos como projeção de informações a laser no para-brisa, tela tátil de 8 pol do sistema de entretenimento, comando por voz, sistema In Control (que permite a usuários de telefones com sistemas IOS e Android controlar pelo celular algumas funções do veículo, como climatização, travamento das portas e partida do motor) e o sistema de áudio Meridian, inédito na categoria. O seletor de modos de direção oferece os programas Eco, Normal, Winter (inverno) e Dynamic.

Produzido na fábrica de Solihull, no interior da Inglaterra, o XE é o primeiro Jaguar com direção com assistência elétrica. Os auxílios ao motorista incluem controlador de velocidade para pisos escorregadios (entre 4 e 30 km/h) sem uso dos pedais, controle da distância à frente, câmera estéreo para monitorar o tráfego adiante e ordenar o acionamento dos freios, assistente para estacionar e alerta para veículo em ponto cego. A versão S tem ainda grandes entradas de ar frontais, aberturas laterais com acabamento cromado, defletor traseiro e rodas de até 20 pol.