Salão: Honda Civic 2,0 e Si, Fit Twist, novo Accord, CR-V Flex

 

As novidades da Honda no Salão ficam um pouco ofuscadas pelo supercarro Acura NSX, mas há boas notícias e expectativas. Entre as notícias estão a nova geração do Accord, um motor de 2,0 litros para o Civic, o CR-V com motor flexível e o pacote Twist, de apelo “aventureiro”, para o Fit.

O novo Accord (acima), cujas vendas começam só em julho, teve as linhas modernizadas e aparece no evento em duas versões: EX, com motor de quatro cilindros, 2,4 litros e 185 cv, e EX V6, com o 3,5-litros de 24 válvulas e 278 cv. Ambos trazem sistema ECON para direção econômica, câmera de ré com ângulo expandido e acendimento automático de faróis. O V6 vem ainda com acesso e partida sem chave, monitor de ponto cego por meio de uma câmera localizada no retrovisor direito e rodas de 17 pol.

 

 

O Civic, já anunciado como modelo 2014 (mas ainda não à venda, pois não é permitido licenciar um 2014 ainda em 2012), traz a nova cilindrada em versões inéditas, LXR e EXR, ambas associadas à caixa automática de cinco marchas, sem opção por manual. A potência vai a 150 cv com gasolina e 155 cv com álcool, ante 139/140 cv do motor 1,8, que permanece na versão de entrada LXS, com câmbio manual ou automático. Outras mudanças no sedã são sistema de partida a frio com aquecimento de álcool, que dispensa o tanque de gasolina auxiliar (e elimina o estranho “bocal de Brasília” no para-lama dianteiro); interface Bluetooth para celular em todas as versões e tampa do porta-malas revestida, estes itens atendendo a pedidos do público.

No CR-V, o motor flexível de 2,0 litros é o mesmo do Civic, com igual potência e também associado à caixa automática de cinco marchas, tanto na versão LX com tração dianteira quanto na EXL de tração integral.

 

 

Para o Fit, a novidade é a versão Twist. Com detalhes estéticos diferenciados, como novo para-choque dianteiro, faróis com máscara negra e lanternas traseiras incolores, traz ainda uma bandeja com espaços para diversos objetos abaixo do porta-malas. O motor é o 1,5-litro de até 116 cv, com caixa manual ou automática.

 

 

E quanto à expectativa? Trata-se do Civic Si, exposto na versão cupê vendida nos Estados Unidos. A Honda fala em importação para 2014, mas avisa que poderá haver mudanças no carro. O Si mostrado tem motor de 2,4 litros com 201 cv e torque de 23,5 m.kgf (ganho importante em relação ao de 2,0 litros da geração anterior), câmbio manual de seis marchas, rodas de 17 pol com pneus 215/45, teto solar e sistema de áudio com subwoofer.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação (Civic) e autor