Salão: Ford Edge ST, Territory e Ecosport sem estepe

 

A Ford havia antecipado suas novidades do Salão do Automóvel, de modo que não foi surpresa (para nós e para os leitores) o que está em seu estande. Entre os lançamentos, o destaque é o  utilitário esporte Edge ST (acima), primeiro carro a trazer para o Brasil a grife Sport Technologies de carros de alto desempenho da marca. Ele chega ao mercado logo após o salão com o novo visual do modelo, itens esportivos, motor Ecoboost V6 biturbo de 2,7 litros e 335 cv, caixa automática de oito marchas e rodas de 21 pol.

 

 

O Ecosport aparece na versão Titanium sem o estepe na traseira, como é oferecido na Europa e nos Estados Unidos. Em vez de aplicar o pneu sob o assoalho do porta-malas, como se previa, a Ford preferiu adotar pneus capazes de rodar sem ar (run-flat) por até 80 km à velocidade de até 80 km/h. A mudança reposiciona a placa traseira e deixa o carro mais curto. A versão deve perder o motor de 2,0 litros (que fica então exclusivo do Storm), passando a usar o 1,5 de três cilindros. Ainda não há data para o lançamento.

 

Outro SUV exposto, o Territory (acima), acaba de ser revelado na China e vem ao Salão como conceito. Foi desenvolvido naquele país pela Jiangling Motors Corporation (JMC) e oferecerá versões a gasolina, híbrida e híbrida com recarga externa. Os recursos incluem alerta de colisão com sistema autônomo de frenagem, monitor de ponto cego, sistema de permanência em faixa, assistente de faróis e de estacionamento, controlador de distância à frente e tela de 10,25 pol no painel.

 

 

O Fusion é exposto na versão Energi, uma híbrida com recarga externa (plug-in), que usa o mesmo conjunto de motores (um de 2,0 litros a gasolina e outro elétrico, com potência combinada de 190 cv) do Hybrid vendido no Brasil. A diferença está na bateria de íons de lítio refrigerada a ar de 9 kW/h, que aumenta em cerca de 20% a autonomia no modo elétrico em relação ao modelo conhecido aqui. Não está prevista sua importação. Também está no estande mais uma vez a picape fora de estrada F-150 Raptor.

 

Os demais modelos são exercícios de estilo e preparação sobre produtos à venda. O Ka Urban Warrior (acima) é um sedã com acessórios esportivos de inspiração aventureira, suspensão elevada como a do hatch Freestyle, molduras em plástico e detalhes em laranja nos bancos.

 

A picape Ranger traz duas propostas de personalização com motor a diesel e cabine dupla. À esquerda, a Storm (nome já usado no passado em edição especial do modelo) vem com pintura em duas cores, alargadores de para-lamas, rack de teto com iluminação em leds, admissão elevada de ar para o motor, estribos, novos para-choques e ganchos de reboque. A grade lembra a do Ecosport Storm e a da F-150 Raptor e as rodas são de 17 pol. A outra Ranger é a Black (à direita), com a cor preta como tema, nova grade dianteira e lanternas claras.

 

Ao lado do Mustang GT de série está o Shelby BTS 1000 (acima), preparação da oficina paulistana BTS Performance. O motor V8 recebe compressor, óxido nitroso e abafadores Magnaflow em sistema de escapamento em aço inox da BTS. A potência vai para 880 cv medida nas rodas. O carro tem ainda cardã de alumínio, suspensão reforçada, molas Eibach, amortecedores Koni e rodas de 20 pol com tala de 11 pol na traseira.

Mais novidades do Salão de São Paulo 2018


Texto: Geraldo Tite Simões – Fotos: Fabrício Samahá e José Geraldo Fonseca