Salão: elétrico Leaf à venda e mais da Nissan

 

O destaque da Nissan no Salão do Automóvel 2018 é o lançamento do elétrico Leaf, que pode ser encomendado por R$ 178.400 pelo site www.loja.nissan.com.br. Os interessados serão contatados por um representante da marca para a compra. Lançado em 2017 em nova geração, o Leaf tem motor elétrico de 150 cv e 32,6 m.kgf de torque e bateria de íon de lítio de 40 kWh, que permite rodar 378 km entre recargas pelo método europeu. A recarga total leva 16 horas com tomada de 3 kW ou oito com 6 kW.

 

 

 

Embora a Nissan não tenha anunciado os equipamentos da versão para o Brasil, o Leaf oferece em outros mercados o sistema Pro Pilot de condução semiautônoma, que permite controlar a distância à frente e seguir faixas da via entre 30 e 100 km/h, incluindo frenagem total se necessário. O E-Pedal, um único pedal para controlar acelerador e freio, torna mais rápida e cômoda a comutação entre acelerar e frear. Outros auxílios ao motorista são câmeras ao redor, assistentes para mudança de faixa e para permanecer nela e leitura de placas da via.

 

 

A Nissan leva ao Salão também o conceito Xmotion (acima) do último Salão de Detroit. Ele é definido como “uma viagem exploratória ao mundo do design”, capaz de acomodar seis pessoas em três fileiras de bancos. O nome deve ser lido como “cross motion”. O carro tem rodas de 21 pol, lanternas traseiras inspiradas na arte japonesa de trabalho em madeira e ambiente interno que lembra uma paisagem japonesa. O console inspira-se na kanawa tsugi, um tipo de carpintaria usada na construção de templos e santuários religiosos, enquanto o painel segue a técnica tradicional de trabalho em madeira kigumi.

 

 

Dentro de uma sondagem de mercado que demora a ser concluída, a marca apresenta mais um de seus utilitários esporte sem confirmar a importação. O XTrail (que esteve entre nós em geração anterior) aparece na versão Hybrid, com motor elétrico de 40 cv e 16,3 m.kgf associado a um 2,0-litros de 140 cv e 19,9 m.kgf. A Nissan anuncia consumo de 19,6 km/l em rodovia. O SUV tem itens como monitores de ponto cego e tráfego cruzado, frenagem de emergência, central de áudio com tela de 7 pol e plataforma digital que permite ao usuário localizar o veículo a distância.

 

 

A picape Frontier é mostrada na versão argentina, recém-lançada, e também como o estudo Sentinel (acima). A ideia foi equipá-la para missões em locais de difícil acesso. A caçamba tem baterias de segundo uso de veículos elétricos para fornecer energia, gavetas com itens diversos (luvas, lanternas, capacetes, cordas, machados, ganchos, caixa de ferramentas) e estrutura reforçada (santantônio). Há ainda admissão elevada de ar para o motor e rodas de 16 pol com pneus fora de estrada.

Mais novidades do Salão de São Paulo 2018

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação