Salão de Paris expõe carros antigos do cinema

 

Uma das atrações do Salão de Paris para quem gosta de automóveis antigos é uma mostra que reúne dezenas de modelos famosos por seus papéis no cinema e em seriados de televisão. Confira alguns dos melhores e, para conhecer mais dos carros originais, clique em seus nomes.

 

O nome é de mulher, mas em Christine – O Carro Assassino (Christine, 1983) ela é na verdade um Plymouth Fury 1957 com sentimentos de possessão sobre o jovem proprietário.

 

Lendas norte-americanas das telas: o Ford Mustang 1968 de Bullitt (em verde) e o Dodge Charger R/T 1969 “General Lee” da série de TV The Dukes of Hazzard (no Brasil, Os Gatões).

 

Steve McQueen pilotou esse Porsche 908/2 Spyder 1969 no filme As 24 Horas de Le Mans (Le Mans, 1971).

 

 

O peculiar DeLorean DMC 12 1981 que se torna máquina do tempo na trilogia De Volta para o Futuro (Back to the Future, iniciada em 1985), à esquerda, e a personagem Sally de Carros (Cars, 2006), um Porsche 911 Carrera 2002.

 

Se o carro de série já era exagerado, o que dizer do Ecto 1 de Os Caça-Fantasmas (Ghostbusters, 1984)? Trata-se de um Cadillac Fleetwood 1959 transformado em ambulância pela empresa Miller-Meteor e depois adaptado para o filme.

 

Há vários Citroëns na mostra, como o pequeno 2CV 1980 usado no filme 007 – Somente para seus Olhos (For Your Eyes Only, 1981), à esquerda, com adesivos que simulam furos por tiros, e o DS 19 de 1964 de Fantomas se Dechaine (1965). Outros DS presentes são o DS 19 1968 do filme The Brain e o DS 20 Pallas 1973 do seriado O Mentalista (The Mentalist).

 

Mais estrelas da Citroën: o jipe Méhari 1982 de O Louco, Louco Mundo do Gendarme (The Gendarme and the Gendarmettes, 1982) e o cupê SM 1969 com motor Maserati de Cesar et Rosalie (1972).

 

Este Mini 1000 de 1982, com capô preto e bancos em vinho, parece-se com o dirigido por Mister Bean em seriados e desenhos, mas é usado na França e aparece no filme As Férias de Mr. Bean (Mr. Bean’s Holiday). Note o volante à esquerda.

 

O esportivo Alpine M65 1965 de Michel Vaillant, personagem francês dos anos 60, e o Renault 11 1985 do mesmo fabricante usado em 007 – Na Mira Dos Assassinos (A View to a Kill, 1985)

 

O amável Herbie, um Volkswagen Fusca 1968 com teto corrediço, usado em Se Meu Fusca Falasse… (Herbie the Love Bug).

 

Elegantes conversíveis: Lancia Aurelia B24S Spider 1955 (à esquerda) do filme italiano Aquele Que Sabe Viver (Le Fanfaron, 1962) e o francês Facel-Vega Facellia F2B 1962 de OSS 117: Cairo, Nest of Spies (2006).

 

O excêntrico Peugeot Limovian feito em 2013 aparece em A Espuma dos Dias (L’ecume des Jours). A enorme limusine, com linhas que sugerem um carro norte-americano do fim dos anos 50, tem acrílicos transparentes nos para-lamas e portas para mostrar a mecânica e o interior.

 

Outro conversível, o Peugeot 403 1961 da série de TV Columbo dos anos 70, e o Jaguar XK8 com as cores da bandeira do Reino Unido (à direita), visto em Austin Powers: O Agente Bond Cama (Austin Powers 2: The Spy Who Shagged Me, 1999).

 

Mais norte-americanos: Bumblebee, o Chevrolet Camaro SS 1977 de Transformers (2007), à esquerda, e o Buick Grand National GNX 1987 de Velozes e Furiosos 4 (Fast & Furious, 2009).

 

A rara versão 450 SEL 6.9 de 1974 do Mercedes-Benz Classe S, que aparece em algumas das perseguições velozes de Ronin (1998), e o caminhão Berliet GBC8 Gazelle 1958 de Greed in the Sun (1964).

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação