Renault Captur com motor 1,6 e caixa CVT sai em junho

 

Já tem data de lançamento o Renault Captur com motor de 1,6 litro e transmissão automática de variação contínua (CVT): 19 de junho. A esperada versão promete obter melhor equilíbrio entre desempenho e consumo que a de 2,0 litros com caixa automática de quatro marchas. Como o nome XTronic divulgado pela Renault confirma, a CVT do Captur é de origem Nissan, provavelmente a mesma aplicada a March, Versa e Kicks desta marca.

Não se sabe se haverá um modo manual com mudanças entre marchas emuladas, como no Renault Fluence, que também usa CVT da Nissan. O motor SCE de 1,6 litro, outro item compartilhado com modelos da japonesa, produz potência de 118 cv com gasolina e 120 com álcool, sempre com torque de 16,2 m.kgf. O peso deve ficar ao redor de 1.300 kg, cerca de 50 kg abaixo do carro de 2,0 litros (que fornece 143/148 cv e 20,2/20,9 m.kgf, na mesma ordem).

 

 

Caso seja mantido apenas na versão Zen, o Captur CVT terá itens de série como ar-condicionado, assistente de partida em rampas, bolsas infláveis frontais e laterais, chave-cartão presencial, comando satélite de áudio, controlador e limitador de velocidade, controle eletrônico de estabilidade e tração, fixação Isofix para cadeira infantil e rodas de alumínio de 17 polegadas com pneus 215/60. Os opcionais deverão ser sistema de áudio com câmera traseira de manobras, navegador e tela de 7 pol e pintura em dois tons.

Quanto ao preço, o Best Cars estima cerca de R$ 83 mil, a meio caminho entre o Zen 1,6 manual (R$ 78.900) e o Intense 2,0 automático (R$ 88.490). Vale notar que no convite à imprensa foi aplicada foto do Intense, que se diferencia do Zen pelo tratamento das rodas: pode ser indicação de que a versão de topo também passe a oferecer o motor 1,6 e a nova caixa. A conferir.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação (Zen manual)