Range Rover Sport renovado traz híbrido de 404 cv

 

O Range Rover Sport passa por mudanças e ganha uma versão híbrida, por enquanto na Europa. O utilitário esporte adota novos para-choques, grade e faróis de leds (em versões com 24, 52 ou 142 leds), assim como o sistema de áudio Touch Pro Duo, com duas telas de 10 pol de toque, e a chave à prova d’água Activity Key. Um gesto faz o forro do teto solar se fechar, sem precisar tocar um botão. Auxílios ao motorista abrangem controlador de distância à frente, leitura de placas da via (até mesmo as de Pare), frenagem automática e alerta aos passageiros para que não abram portas quando vier um veículo. O sistema de áudio Meridian vai de 380 a 1.700 watts.

 

 

O motor V8 de 5,0 litros com compressor da versão SVR, topo de linha, está mais potente: de 550 para 575 cv, aptos a 0-100 km/h em 4,5 segundos. Outras opções a gasolina são Ingenium turbo de 2,0 litros e 300 cv, V6 de 3,0 litros com compressor e 340 cv e V8 de 5,0 litros com compressor e 525 cv (abaixo do SVR). A diesel são oferecidos os de 2,0, 3,0 e 4,4 litros, este com 340 cv.

A versão híbrida com recarga externa (plug-in) chama-se P400E. Vem com o citado Ingenium a gasolina de 300 cv, motor elétrico de 116 cv e bateria de 13,1 kWh. Com 404 cv e 65,2 m.kgf combinados, acelera de 0 a 100 em 6,7 s e pode rodar 50 km em modo elétrico, no qual alcança 137 km/h. O motor elétrico fica na transmissão, no meio do carro, e as baterias na parte traseira. A caixa automática de oito marchas permanece. Uma recarga completa pela tomada na grade leva entre 2h45 e 7h30, conforme a corrente disponível.

 

Sport

 

Sport P400E

 

Sport SVR

Texto da equipe – Fotos: divulgação