Porsche 718 Cayman GT4 e 718 Spyder chegam a 420 cv

 

A Porsche apresenta versões mais potente e com motor aspirado dos esportivos da série 718: o cupê 718 Cayman GT4 (mostrado em amarelo) e o conversível 718 Spyder, derivado do Boxster (em branco). Ambos recebem um novo motor de seis cilindros opostos e 4,0 litros, baseado na mesma família dos motores turbo da atual série 911 Carrera, que produz potência de 420 cv e torque de 42,8 m.kgf. São mais 35 cv mais que nos GT4 anteriores e 45 cv a mais no caso do Spyder. Com transmissão manual de seis marchas, os dois superam 300 km/h (o Spyder tem velocidade máxima de 301 km/h, e o Cayman GT4, de 304 km/h) e aceleram de 0 a 100 km/h em 4,4 segundos.

 

 

 

O motor alcança alta rotação (a máxima é de 8.000 rpm), tem injeção direta e desativação de uma bancada de cilindros em operação sob carga parcial, para menor consumo de combustível. O 718 Cayman GT4 passou por revisões aerodinâmicas, que aumentam em até 50% a força vertical sem afetar de forma negativa o arrasto. O aerofólio traseiro é fixo. O 718 Spyder, por sua vez, dá continuidade à história de roadsters famosos da Porsche, como o 550 Spyder e o 718 RS 60 Spyder, e tem defletor traseiro que se ergue a 120 km/h.

 

 

Ambos trazem chassi de alto desempenho com controle eletrônico ativo da suspensão, altura de rodagem 30 mm menor e controle de estabilidade que pode ser desativado em apenas dois passos. O GT4 vem com a opção de pacote Clubsport, que inclui estrutura anticapotagem (santantônio) traseira de aço, extintor de incêndio manual e cinto de segurança de seis pontos para o motorista. Os freios podem ter discos compostos de cerâmica. Ambos estão previstos para o mercado brasileiro, mas sem data marcada de lançamento.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação