Peugeot 308 THP: a versão turbo de 165 cv

Peugeot 308 THP (1)

 

A Peugeot lança no Salão de São Paulo o 308 Feline THP, que conta com o motor e o câmbio já conhecidos dos modelos 3008, 408, RCZ, 508 e 308 CC: motor turbo de 1,6 litro com injeção direta, potência de 165 cv e torque máximo de 24,5 mkgf (disponível já a 1.400 rpm) e caixa automática de seis marchas. À venda a partir de novembro, a versão de topo do 308 hatch (ainda sem preço anunciado) será oferecida em três cores (branco, prata e vermelho) e traz detalhes esportivos como rodas escurecidas, retrovisores externos na cor grafite e volante com base achatada. Passa a ser equipamento de série o sistema de navegação com tela integrada de 7 pol, que é opcional no 308 Feline 2,0.

 

 

O 308 Feline THP dispõe ainda de bolsas infláveis frontais, laterais e cortinas, cinco cintos de segurança com três pontos, freios antitravamento (ABS) com repartidor eletrônico e auxílio a frenagem de emergência, controle de estabilidade e tração, teto panorâmico de vidro, computador de bordo, retrovisor interno fotocrômico, ar-condicionado automático de duas zonas, faróis e limpador de para-brisa automáticos e controlador e limitador de velocidade,

 

 

  • Frank Pontes

    Sem opção de câmbio manual??? Não era pra ser a versão mais esportiva da linha?

  • Miguel

    Se é esportivo, por que o cambio automático?!?! Só no Brasil mesmo viu ¬¬

  • Fernando Jambeiro

    Mas a Peugeot não disse que é esportivo…

  • Leandro

    Pessoal,
    Desde quando o fato de possuir motor sobrealimentado torna um carro “esportivo”? O fato de possuir um ótimo conjunto motriz e dinâmico sem apetrechos estéticos exagerados só contribui. Principalmente para reduzir a sede das seguradoras na hora de cobrar pelo seguro do automóvel. Hoje em dia, passar despercebido é muito mais vantajoso. Está aí um exemplo de como possuir um bom carro sem despertar a cobiça alheia somente pelo exterior do carro.

  • Felipe Bruel

    Parabéns, Peugeot! Finalmente um carro bom (motor e câmbio em sintonia com o que muito se almeja atualmente na relação economia X desempenho X redução de emissões, turbo num deslocamento médio-pequeno e câmbio de, no mínimo, 6 marchas), bonito (design atualizado e carroceria bela e de bom porte) e, se não é barato ao ponto de ser acessível para a maioria dos consumidores, é o pacote nessas condições mais em conta do mercado (1.6 Turbo moderno, forte e econômico com câmbio de 6 marchas automático – o melhor para os engarrafamentos das grandes metrópoles aliado aos importantíssimos – quem conheçe e se salva por isso sabe – controles de tração e estabilidade num carro belo, de bom porte e presença). Parabéns por, ao menos, oferecer algo assim no mercado! Já sofri com a marca no pós-venda, alta desvalorização e dificuldade de revenda, mas por esse ai eu vou dar uma nova chance quando trocar de carro.

  • GFonseca

    Excelente notícia!! Espero que as seguradoras não esfolem…

  • Jairo

    Esse é o problema, as seguradoras (bandidagem) no Brasil, ouvem a palavra Turbo a uns 4 quarteirões de distância, como tubarões farejando sangue, e vão com todos os dentes pra cima do infeliz do proprietário…

  • Frank Pontes

    Eu não falei que o carro é um esportivo, mas que seria o mais esportivo da linha 308, o que é bem diferente. E a questão de oferecer a opção de transmissão manual passa pelo respeito ao consumidor, que está privado de ter esse excelente motor atrelado a um bom câmbio manual, tendo de levar o mais caro e menos empolgante automático.

  • Rafael_B

    Concordo Frank, mas acho que o ponto que a Peugeot quis explorar não seria o de “mais esportivo” da linha, e sim o mais refinado. Mas voce não deixa de ter razão. Não é pq o cara quer o pacote completo de equipamento que ele vai querer o cambio AT.

  • Robson

    Sensacional. Já li projeções de custar em torno de R$ 71.000,00, mas oferecendo td isso aí por esse valor, nooosssaaaa… vai ser bom… ñ digo q seja uma pechincha confirmando-se esse preço, mas pros carros q temos no Brasil, tá bom! Parabéns a Peugeot. Deveriam oferecer esse câmbio aut. de 6 marchas em TODA linha de automáticos da marca, substituindo o obsoleto 4 marchas, mais do q anacrônico! Deveria ter um cor preta tb, rsss… mas eh melhor do q a “incrível”, “surpreendente”, “genial” Hyundai q só oferece preto e prata, huahuahuaaa!!!

  • Magnus Cordeiro

    Se fosse um automatizado de dupla embreagem e 7 marchas e borboletas eu consideraria esportivo . . . . Viva a VW e seu Jetta , que é um sedã bem esportivo pra sua categoria . . . .

  • http://twitter.com/Bom_censo Bom_censo

    Se é só automatica, pisaram na bola, deveria ser tipo a do Jetta ou pelo menos a do Civic, quem quer automatica que use, pricipalmente pelo conforto na cidade, e manual com borboletas no volante, para uma tocada mais esportiva. É o tipo, do que eu chamo, de economia porca, por meia duzia de reais a mais, dão uma mancada dessas. Depois nao vende bem e eles não sabem porque! Tenho 55 anos, ex piloto de Kart, acompanho o mercado de automóveis desde criança. Nunca errei. Vou dar outro prognóstico: irá vender bem menos do que a fábrica espera!

  • Fernando Rodrigues

    Ah…agora sim! A Peugeot tem grandes chances de conquistar uma fatia maior nesse segmento dos Hatches médios.Esse carro pra ficar perfeito,só ficou faltando um teto-solar de verdade…pra mim um teto-solar tem que abrir como o que (por exemplo) a Fiat oferece no Bravo;e não esse que faz o papel de uma espécie de clarabóia.

  • O.hi

    Câmbio automático de 6 marchas!? Aleluia!! Será que passa pro 408 ou vai ser padronizado pra linha automática da Peugeot no Brasil?

  • Robert Alex

    O 408 turbo nao eh esfolado no seguro, por sinal e bem melhor que concorrentes niponicos, acho que o 308 tambem nao ter esse probelema. Ele nao e turbo para ser esportivo, o conceito ai eh downsizing, aliando potencia com economia. Parabens

  • http://www.facebook.com/people/Diogo-Rengel-Santos/100000884623906 Diogo Rengel Santos

    Embora eu prefira carros automáticos, acho que ter uma opção com cambio manual ajuda a chamar a atenção de potenciais clientes, principalmente os do Bravo T-Jet

  • http://www.facebook.com/people/Diogo-Rengel-Santos/100000884623906 Diogo Rengel Santos

    Conjunto muito bom e interessante e com uma vantagem sobre o 408: uma diferença de massa de quase 200kg o que beneficia e muito o hatch

  • http://www.bestcars.com.br Fabrício Samahá – Best Cars

    O 408 já conta com o câmbio de seis marchas na versão THP, de mesmo motor. Para as demais versões da linha, acreditamos que a Peugeot vá manter o câmbio de quatro marchas. Note que mesmo na linha europeia da PSA, como no Citroën C5 e na Grand C4 Picasso, o câmbio de quatro marchas é associado ao motor de 2,0 litros. O de seis equipa modelos com o 1,6 turbo, caso da Peugeot 3008.

  • http://www.bestcars.com.br Fabrício Samahá – Best Cars

    O câmbio do 308 admite seleção manual, como no Civic, mas só pela alavanca seletora. Não há comandos no volante.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    Já que o 308 THP Feline e GTi com seus 165 e 180 cv estão muito bem encaminhados, eles poderiam aumentar a potência do RCZ para os 211 cv do Mini John Cooper Works,para não ser morto pelas versões turbo do hatch.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    vish,pensei que só no Brasil equipavam esse monstro apelidado de AL8.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    o Feline THP vai ser o sucessor do espírito esportivo comportado do Golf GTi automático.

  • Robson

    Concordo com o Bom Censo… já q era pra fazer um “esportivo”, q tal colocarem as aletas atrás do volantes com todas as adequações pertinentes?! Será q custaria tanto assim a mais no preço do carro?! Acho q ñ! Mas acho q eh tipo da coisa q poderá ser revista no futuro, sem maiores problemas, creio eu!

  • http://www.bestcars.com.br Fabrício Samahá – Best Cars

    O RCZ tem versão de 200 cv na Europa, mas ela não existe com o câmbio automático que, segundo a Peugeot, é o preferido pela maioria nessa faixa de mercado. Caso oposto é o do Citroën DS3, que na Europa oferece caixa automática, mas não com o motor turbo.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    um manual no GTi,para os puristas,e uma caixa manual de dupla embreagem pra quem gosta de correr,seria tão simples o mundo com essas opções…

  • Robert Alex

    Por isso que nao o chamam de esportivo, e sim um downsizing voltado a economia, ai as seguradoras nao mordem em cima! O esportivo ficou o DS3 com cambio manual. No 408 THP que tem o mesmo motor turbo, o seguro é mais baixo que a maioria dos niponicos concorrentes.

  • http://profile.yahoo.com/3YO7UXFXMPEZUFS2V765OST73E Jacques

    Se fosse pra ter bom senso, ao menos que escrevesse certo… A filosofia é a mesma da BMW, que, aliás, fez esse motor em parceria com a Peugeot e o coloca nos Mini e no BMW 118: troca manual, só se for na alavanca. Talvez as borboletas sejam melhores, mas é mais questão de adaptação do que qualquer outra coisa. E o Jetta, que vem menos equipado, custa R$ 82 mil, com IPI reduzido. Se esse Peugeot vier mesmo por R$ 70 mil, vai “detonar” Cruze Sport de topo de linha, que custa praticamente R$ 80 mil e qualquer outro hatch médio nessa faixa de preços. Será sério candidato a ocupar a minha garagem. Outro detalhe: os atuais Peugeot e Citroën 1.6 e 2.0 usam a caixa automática AT8, e não a AL. Ambas têm 4 marchas, mas a AT é uma evolução da AL e não dá mais problemas de software ou nas eletroválvulas, como o AL eventualmente apresentava.

  • O.h

    A diferença de custo entre os dois câmbio é tão grande a ponto de manter o 6 marchas apenas para os THP?

  • Robson

    Jacques, estou respondendo à pessoa q se denomina “Bom Censo”, foi assim q ele se identificou, e foi assim q escrevi pq ele se identificou assim… se houve um erro de português, foi dele, ñ meu, mas ñ cabe a mim ficar dando aulas de português, cheio de ‘marra’ por isso… estou aki pra falar sobre carros, ok?!

  • Washington

    Enquanto todos dão parabéns a Peugeot,por nos fazerem de otários,com um 165cv automático de mais de 70k,nossos hermanos la na Argentina já usufruem do 200cv manual faz tempo…isso sim e esportivo….acorda Brasil…..

  • T_101

    Não sou o consumidor de hatch médio, seria se morasse na Europa, mas enfim parabéns para Peugeot. Acredito que este modelo fique no minimo 4 anos sem um real concorrente, a Ford sinalizou uma melhora mas foi só pegadinha, então..

  • http://twitter.com/eduardo_cr2 Eduardo Araujo

    O fato de o motor ser turbo e ter 165 cv não significa que o carro é esportivo.

  • Valter

    Se ela trouxesse o carro de 200cv com transmissão manual, você compraria? Acho que quem tem que acordar é o “brasileiro”…

  • http://www.facebook.com/people/Andre-Thiel/100000467226261 Andre Thiel

    Eu testei o 408 THP e gostei muito do desempenho. Já o câmbio de 6M é uma evolução, mas não uma revolução.
    Achei um pouco lento e ainda tem o tranco típico da PSA, que o 406 em 2001 também tinha. Mas é uma ótima opção.
    Pena que o povão prefere comprar propaganda (Hyundai) do que carros.

  • T_101

    Acho que estou pensando como as montadoras. Não consigo mais entender essa relação com o câmbio manual, na verdade com o pedal de embreagem.
    Penso que o pedal de embreagem é como o carburador, teve seu brilho por algum tempo na industria mas perdeu espaço para evolução eletrônica.
    Somente aficionados hoje em dia ainda tem “bons motores com carburador”. Acredito que isso vai acontecer com o pedal de embreagem.

  • Ubaldir Jr

    Poxa, até pela foto dá pra ver um detalhe horrível de montagem: observem o vão entre o farol esquerdo e o capô, muito maior que no farol direito. Dá pra ver bem em mais de uma foto esse defeito. Seria problema da unidade? Logo em uma disponibilizada para fotos da imprensa?
    O carro parece muito bom (fiz um test drive no 408 THP), com alguns bons argumentos em termos de tecnologia e desempenho. Mas são esses deslizes que depõem desde sempre contra os Peugeot e outros carros com montagem argentina.

  • Ubaldir Jr

    Ainda assim é um carro pesado em comparação com seus concorrentes. Os sedãs concorrentes do 408 pesam o que pesa o 308, ou seja, na faixa de 1300 kg. Não sei o que a Peugeot apronta pra fazer esses carros tão pesados. Não passam externamente nenhum sinal que torne óbvia essa resposta. O 408 com mais de 1500 kg, enquanto um Jetta TSI pesa 1330… estranhíssimo.

  • Ubaldir Jr

    Esse câmbio de 4 marchas mata os carros da Peugeot e Citroen equipados com ele. Além de acabar com o desempenho do carro, ainda possui confiabilidade um tanto quanto questionável. Pra comprar um carro com esse câmbio, melhor sair da concessionária com um bom e velho manual.

  • Ubaldir Jr

    Preço de hatch tem que ser comparado com preço de hatch. Puxar o preço do Jetta TSI pra comparar com o 308 é fora de questão. O 408 THP sai pelos mesmos 82 mil, e não há diferenciação substancial em termos de equipamentos entre os 2 não. E mecanicamente, em termos de desempenho, não há como comparar o TSI com o THP. Tanto em questão de motor quanto de câmbio, o desempenho obtido no VW é muito, mas muito superior ao do Peugeot. A velocidade das trocas de marcha do automatizado de dupla embreagem não encontram paralelo em câmbios automáticos tradicionais. Os 35 cavalos a mais de potência do Jetta somados aos seus 200 kg a menos… não dá nem pra comparar.

  • Klayton

    Obrigado Peugeot! Era o que estava faltando para a Ford, oferecer também no Focus e quem sabe no Fiesta, a linha de motores Ecoboost. Digo isso pois a Ford como um fabricante com maior participação de mercado, pode fazer as outras grandes se mexerem mais rápido do que gostariam. E também pelo fato de o Fiesta face lift e a nova geração do Focus estarem as portas!

  • http://www.facebook.com/vinicius.cardote Vinicius Cardote

    Discordo totalmente, carros esportivos TEM que dar a opção de cambio manual, agora carros para pessoas “normais” não tem essa obrigação. Esse felino ai mesmo, nao tem essa obrigação(apesar de eu achar que ele deveria oferecer), até porque nao acho que ele vá passar de 9,0 segundos de 0-100km e no maximo uns 200KM/h até por nao ser a proposta dele “ser rapido”, mais apenas “ser melhor”!

  • Doug

    Até que enfim alguem de mente gemea na face deste planeta…não ser chamado de esportivo é correto, e não ser taxado assim é garantia de seguro 50% mais barato.
    Estar no meio da malhada hoje é muito mais conveniente do que ser ovelha negra em manada branca..

  • http://twitter.com/mlhz marcus lahoz

    bacana…vamos ver o valor mas ele cabe muito bem na minha garagem.

  • Washington

    Caro Valter….se fosse um preco honesto voce nao compraria?

  • G.C.A.

    imagina se vier com esse motor com essa potência o 208 THP com menos uns 200 kg em relação ao 308 THP. Ele iria andar do lado de Jetta 2.0 turbo de 200 cv (só teria menos velocidade máxima).

  • Leonardo Casgui

    pecaram em nao trazer na cor preta!

  • Félix

    O 308 não recebe os excelentes faróis direcionais de xenon? Uma pena, já que o preço é bem alto. Muita gente discute sobre a esportividade desse carro, mas acho que não é mesmo o seu perfil. Embora o carro ande bem, a posição de dirigir mais alta já acaba com qualquer esportividade. Eu particularmente gostei mais do Cruze hatch nesse ponto, mas neste caso falta (muito) motor para aproveitar o câmbio manual de 6 marchas.

  • otario

    Manutençao onerosa demais,pos- venda deploravel,design arrebatador mas…

  • Magnus Cordeiro

    Isso é carro pra quem pode . . . . . pós venda da Peugeot como de qualquer outra montadora varia de uma concessionária pra outra . ja tive vários carros da marca , nunca fui mal atendido . . . . .

  • Diego

    Comentário típico de quem não conhece, nunca teve um carro da marca. Muitos modelos da Peugeot são mais baratos de reparar em caso de colisão do que os concorrentes de outras marcas. A manutenção é preventiva, são carros que se você cuida não dão problema. Quanto á rede de concessionárias, o atendimento não é uniforme e precisa ser melhorado, mas existem muitas redes excepcionais. Tenho Peugeot há 4 anos e sempre fui muito bem atendido.

  • http://pulse.yahoo.com/_6SZF6D22FDQWP7VGEAV7OKLJ4Y Rafael

    T_101…se liga cara, o cambio automatico não é uma evolução como foi do carburador para a injeção, na verdado o cambio automático é apenas um enorme caro pesado e dispendioso equipamento com unica função de passar a marcha pra motoristas que tem preguiça de fazer isso, ou não sabem passar as marchas direito e no tempo certo.
    O cambio automatico só faz o carro se tornar pior e não melhor como fez a injeção ao subistituir o carburador.
    Com automatico o peso aumenta e tem um desperdicio de torque e potencia, alem de ser mais uma peça sujeita a defeitos manutenção e trocas de óleo que poluem o meio ambiente, até o consumo do carro aumenta, deveria ser proibido o uso desta coisa inútil feito pra deficiente (o que justifica o uso) ou lento de raciocinio que não sabe dirigir, no seu caso se enquadra no segundo exemplo.
    Ve se respeita o gosto dos outros que gostão de dirigir carro de verdade e não comprão cambio automatico só pra se aparecer pro vizinho.

  • Marcos

    Prezado Vinicius, sou proprietário de um THP, de fato não faz de 0-100km/h em 9 segundos, faz em 8 segundos e passa dos 200km/h fácil, já fiz isso algumas vezes, aliás, não existe no momento nenhum carro que ofereça tamanho desempenho pelo preço que custa, simplesmente maravilhoso sem contar a beleza do carro. Carro esportivo não precisa ter câmbio manual o tiptronic já é bem interessante.

  • Marcos

    Pode comprar sem medo, vai adorar o carro, eu tenho um branco e posso afirmar que é o carro mais rápido e bonito que já tive. Completão, não falta nada e anda muito, vim de um focus 2.0 16v e não dá para comparar é como se o focus fosse 1.0 e o THP fosse 1.8, fora todos os mimos de um carro de luxo, o único senão fica por conta da suspensão que é um pouco dura, se for para andar em estradas ou avenidas sem problema, agora ruas de paralelepípedos ou estradas esburacadas o carro torna-se desconfortável.