Perua Auris seria boa opção para Toyota no Brasil

 

A Toyota brasileira deixou de fabricar a Fielder, a perua derivada do Corolla, em parte porque a geração atual do sedã não prevê esse derivado (a perua existe apenas na linha japonesa, que tem carroceria mais estreita). Se quisesse voltar ao segmento, porém, a empresa faria bem em mirar em sua oferta no mercado europeu, que acaba de receber a Auris Touring Sports, derivada do hatchback Auris lançado no mesmo Salão de Paris.

 

 

De linhas modernas e com um toque esportivo, a perua é 28 cm mais longa que o hatch na traseira, mantendo o entre-eixos de 2,60 metros, também igual ao do Corolla brasileiro. À venda no começo do próximo ano, ela oferece quatro motores: 1,3 e 1,6-litro a gasolina, 1,4 e 2,0-litros turbodiesel e um sistema híbrido (gasolina e eletricidade) similar ao do Prius, com motor 1,8 e unidade elétrica que combinam 136 cv. Na Europa, encara concorrentes como as peruas Opel Astra, Renault Mégane, Ford Focus e Peugeot 308.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação

 

  • fusca95

    Simplesmente lindíssima. Sempre fui fã de uma perua com linhas modernas.
    Toyota, se trouxer, compro uma. Abraços.

  • Aecio

    boa opcao pra quê? só se for pra concorrer com a VW variant, q quase nao tem mercado… peruas de luxo nao colam no brasil…

  • Padofull

    Seria uma ótima idéia, chega de jurássicas e pequenas Wekeends e Paratis.

  • http://www.facebook.com/abmmadureira Adriano Madureira

    Infelizmente a toyota do Brasil irá fabricar seu compacto para países emergentes,o etios,um carrinho tosco feito para o mercado indiano.
    poderiam ter trazido o auris hatchback…

  • JonathanMachado

    Nossa maior lástima foi o fim da Mégane Grand Tour no Brasil, que tinha ótimo custo/benefício.

  • Lucas

    Enquanto isso…. Etios…

  • Glauco7

    Há muito tempo não vejo Stations novas nas ruas. Acho que que este segmento está perdendo mercado para as minivans de 7 lugares.

  • http://www.facebook.com/people/Diogo-Rengel-Santos/100000884623906 Diogo Rengel Santos

    Mas o fim da Fielder e da Gran Tour deixou uma legião de “órfãos” que não se sentem convencidos com as minivans e SUVs….

  • Alom Dahmer

    Um belo carro, contudo, acredito que no Brasil, infelizmente, as pessoas acabam acreditando que dá mais status comprar um SUV (mesmo que falso, como o Renault Duster ou Ford Ecosport por mais de R$ 60.000) do que uma bela perua derivada de um sedan médio ou grande. Em minha opinião, uma bela perua como a Auris seria uma excelente opção a partir dos R$ 50.000. O problema é convencer o brasileiro a adquirir uma perua. Por esse motivo, as montadoras nem sequer cogitam trazer tais versões de carroceria para cá (vide a nova geração do Focus, que tem uma lindíssima perua na Europa e que jamais irá rodar por aqui).

  • http://www.facebook.com/ken.moromisato Ken Moromisato

    Animal, lembra muito o Odyssey.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    a Toyota tá se redimindo com o a república das bananas com o conceito Dear Qin(usa a plataforma do Etios e é superior ao mesmo e inferior a atual geração do (Vovo)Corolla.
    mas seria uma boa trazer essa Auris pra cá…..

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    “Status” não…
    é vergonha mesmo…
    principalmente porque o cara gasta 70k em um carro que na verdade é um Logan ou Fiesta da vida.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    se a Toyota não trazer(bem provável,já que a Spinha matou o Cruzes SW brasileiro),se vc tiver banca,importe uma e “seje” feliz

  • http://www.facebook.com/people/Salomão-Santos-Soares/1769245302 Salomão Santos Soares

    O problema é que peruas e minivans são veículos que “podem” até disputar o mesmo público (eu discordo), mas possuem perfis completamente diferentes. Eu por exemplo não abriria mão de uma Renault Grand Tour em troca de uma Livina, Scenic ou similar, por vários motivos – citarei apenas dois:
    .
    1) Não vejo tanta vantagem assim em termos de espaço, o que você ganha em altura perde em porta-malas e muitas vezes no espaço longitudinal também (a maioria das minivans são mais compactas que peruas). Olha essa Spin, por exemplo, já vi muito sedã com porta-malas maior.
    .
    2) Por mais que existam argumentos práticos, o comportamento dnâmico das minivans não me agrada, nunca dirigi uma de que gostasse. Entendo que carro é igual roupa: ppor mais que existam argumentos racionais em favor de determinado modelo, se você não “vestiu bem” não será um proprietário satisfeito… No meu caso só compraria uma minivan se os 7 lugares fossem imprescindíveis.
    .

    …e que saudade da Suprema CD…

  • XRS250

    Já que entramos no assunto SW,para mim toda minivan é algum cruzamento de carro com Kombi.

  • Jairo

    A Toyota, que fabrica o Etios, trazer essa maravilha pra cá??? Nem em nossos melhores sonhos… Se cogitassem uma perua por aqui, seria a Etios SW e olha lá… Ou até talvez uma plataforma ainda mais barata e tosca para gerar mais lucros.

  • Rafael_B

    Acho que o brasileiro até adquire. Temos parcas opções, como Palio Weekend e SpaceFox que vendem bem, apesar de caras (nada de mercado brasileiro, acho que são caras mesmo, por falta de concorrencia, talvez). Esse é um filão um pouco esquecido, por N motivos já citados.

  • Rafael_B

    Mas carro de R$ 50, 60 mil são de luxo no Brasil?
    Só no imaginário popular.
    Este carro seria a perua do Focus ou do Golf, medio popular…

  • http://www.facebook.com/people/Andre-Thiel/100000467226261 Andre Thiel

    Muito interessante, mas com praticamente 0% de chance de vir para o Brasil.
    E se fosse para vender por R$60 só com A/C, direção hidráulica (e não elétrica) e trio elétrico, nem precisaria trazer mesmo…

    Mas, se com o pacote acima (direção elétrica) + 6 air bags e ABS, motor 1.8 VVTi custasse no máximo R$50 mil, eu assinaria o cheque.
    Eu gosto muito de carro mas, enquanto os preços estiverem no patamar atual, não vou mais colocar dinheiro nisso.

    E nada adianta um carro familiar com somente air bags frontais…acorda Brasil!

  • Klayton

    90% de certeza, que essa frente será da proxima geração do Corolla BR.O novo carro será lançado no segundo semestre de 2014 como modelo 2015.

  • Rafael_B

    Salomão, justamente por seus motivos, tambem não concordo que minivan e perua estajam na mesma categoria. Minivan com vantagens acredito que sejam as maiores no segmento, como Caravan/Voyager, Carnival ou Sienna pra carregar 7 pessoas com conforto e e boa mobilidade.
    Pra quem acha que é um carro muito grande e não tem necessidade, tivemos uma e os 7 lugares às vezes viravam 8, devido ao uso. Embora tivesse potencia e torque adequados, mesmo carregada, era visivel a limitação nas curvas.
    Perua já é diferente, mesmo. é um meio termo da utilidade de uma van, mas com comportamento muito proximo de um sedan normal.

  • Aleadinolfi

    Se a nova geração do Corolla or baseada no Auris, ou pelo menos compatível em dimensões, acho provável que a Fielder volte, pois está fazendo falta, mais ainda depois do fim da Megàne Grand Tour.

  • http://www.facebook.com/people/Andre-Thiel/100000467226261 Andre Thiel

    Faz muita falta. Antes de comprar meu carro atual, eu cheguei a olhar a Fielder seminova (em 2009 uma SE-G 2008 estava mais de R$70 mil!!!).

    Mas, dentro da política de preços da Toyota, seria difícil de encaixar uma perua dentro de uma faixa de valores que se traduza em vendas…por melhor fama que a Toyota tenha.

  • http://www.facebook.com/people/Andre-Thiel/100000467226261 Andre Thiel

    Uma SpaceFox Sport com câmbio automatizado sai por mais de R$55 mil, uma perua de carro pequeno!!!
    Isso com IPI reduzido…
    A Fielder SE-G 2008 custava 0km R$84 mil!!!
    Mais cara do que Ford Fusion!!!
    A Grand Tour estava R$48 mil quando saiu de linha, salvo engano. Quase metade do preço da Fielder.

    Onde vamos chegar com esses preços!

  • Lhcomex

    Sinto muito bestcars e fãs de peruas, como eu: podemos esquecer! NUNCA será fabricada aqui na banânia.

  • Evandro_es

    Bela perua. Frente com personalidade. Traseira, porém, se esconder o emblema, difícil dizer quem fez, se Mitsubishi, Hyundai ou Kia.
    Perua, hoje, no Brasil, tem pouco mercado. Talvez por isso tenha surgido a Spin com seu desenho “híbrido” – é alta como um pseudo SUV, mas tem dois volumes definidos e um imenso porta malas – parece uma perua um pouco mais alta na cintura.
    A Chevrolet tenta encaixá-la como MPV (veículo multi uso), mas a imprensa insiste que é minivan.

  • Rael G.C.

    Esse papo de que brasileiro não gosta de peruas é coisa das fabricantes pra justificarem que elas não querem fabricar. E a imprensa compra.

    A Fielder vendia MUITO bem (hoje seria em torno de 3 mil unidades mensais), a Palio Weekend vendeu muito bem até ano passado (a Fiat agora parece que quer dar motivo pra matar o modelo), a Spacefox vende bem, e até a Megane GT vende bem.

  • http://twitter.com/jokaprates Jonathan Prates

    A Toyota deveria trazer a família inteira do AURIS pra o consumidor esquecer aquela coisa horrivel do Etios

  • Joacelio Moura de Lucena

    Carro muito bom. Seria muito termos essa opção em nosso mercado. Eu mesmo, sou um potencial comprador.

  • http://profile.yahoo.com/Y4M7RXMQ2CPYO7RI43S5ZFGGJE Me

    a Toyota sò joga p ganhar dinheiro…

  • http://www.facebook.com/cabral77 Amilton Cabral Jr.

    Perua do Golf se chama Jetta Variant

  • Frederico

    Concordo plenamente… Ditadura das pseudo SUV…
    Povo besta que acha que andar de carro alto é bom… SUV naturalmente tendem a ter estabilidade pior que sedans e SW´s, e como no Brasil é difícil ver as correções eletrônicas nos carros, fica ridículo andar com essas coisas por aqui.
    A SW não… derivada de sedan, mesmo comportamente de um carro normal com espaço interno igual ou até superior aos SUV…
    Estou com uma Grand Tour atualmente… acho que tem muito mais espaço interno que o Ecosport, por exemplo, e não tem aquele pneu ridículo pendurado na porta…

  • Rafael_B

    Sim, claro. Perua média popular, ao menos no enquadramento (o Brasil não conta).
    Não é uma Classe C ou A4.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    e o meu pai tava procurando uma Fielder pra uso da família,não achou e agora tem que se contentar com um Nissan Livina e a sua direção insensível e a falta de regulagem de altura dos cintos dianteiros(!)

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100003715281058 Djalma Junior

    me lembrei de uma sobre a Suprema: em 1996 quando foi lançado o finado Blazer(o terno não,o carro) os concessionários queriam o fim da perua Omega.O fim vcs conhecem muito bem….

  • Pedro H.

    Se na traseira não tivesse o emblema sa Toyota eu juraria que era da corena mais MAGNÍFICA do MUNDO!!.

  • roberval vip

    Como pode uma marca boa dessas ter um produto desses disponível e trazer pra cá um Etios? ADEUS Toyota