Opel Meriva ganha novo visual e motor mais eficiente

 

A Opel Meriva, versão alemã da minivan que aqui era Chevrolet, passa por alterações visuais e técnicas na linha 2014. A segunda geração, que estreou em 2010 e não chegou ao Brasil, ganha novo desenho para grade e faróis (agora com leds para luz diurna), inspirados nos do sedã Insignia, e lanternas traseiras de leds. Sob o capô, a novidade é o motor turbodiesel CDTi de 1,6 litro com potência de 136 cv e o alto torque de 32,6 m.kgf, o mesmo já oferecido na Zafira Tourer.

 

 

O resultado é uma minivan rápida (de 0 a 100 em 9,1 segundos), muito econômica (média de 22,7 km/l) e que emite 10% menos CO2 que a versão 1,7-litro de 130 cv que ela substitui. Na linha a gasolina, as unidades de 1,4 litro com 120 e 140 cv agora podem vir com câmbio automático de seis marchas. No interior da Meriva, que tem acesso por portas “suicidas” no caso das traseiras, surge uma tela central de 7 pol para funções de áudio, telefonia, navegação e imagens da câmera traseira de manobras; um comando por voz também foi previsto. A Opel oferece ainda aquecimento do volante e teto panorâmico.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação