Novo Mercedes ESF é um GLE inovador em segurança

 

A Mercedes revela um novo Veículo Experimental de Segurança (ESF) com base no GLE, que demonstra tecnologias inéditas em favor da proteção dos ocupantes e da segurança do tráfego em geral. Trata-se do último estágio de uma série iniciada na década de 1970 com o Classe S e que teve a versão anterior há 10 anos (última foto).

 

 

Os recursos do ESF começam na parte externa. No lugar da grade há um painel para mensagens e símbolos de alerta para eventos de trânsito, também emitidos no vidro traseiro. Este pode mostrar até mesmo uma imagem do que acontece à frente do carro, como para indicar a travessia de um pedestre a quem vem atrás. Os faróis usam nova tecnologia digital para alta resolução e praticamente zero ofuscamento. Enquanto um triângulo de sinalização aparece no teto, outro é colocado a distância por um “robô” quando necessário.

 

 

O interior adota formato retangular no volante que, como os pedais, se retrai quando acionada a direção 100% autônoma. Com isso, a bolsa inflável do motorista estende-se sobre o painel. Há bolsas nos dois lados do passageiro da frente (o usual hoje é só no lado externo) e para proteção frontal dos ocupantes de trás, disparada do encosto dianteiro.  A cadeira infantil inclui pretensionamento do cinto e proteção lateral, ambos acionados na iminência de uma colisão. O ESF detecta pedestres e ciclistas no entorno e, se o condutor não reagir aos alertas, o carro aciona os freios. A mecânica do SUV usa um conjunto híbrido com recarga externa (plug-in).

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação