Kia Soul avança em segurança; na Europa, só elétrico

 

O Kia Soul chega à terceira geração, revelada no Salão de Los Angeles, que inclui uma versão elétrica (mostrada aqui em amarelo). Esta será a única disponível na Europa, com baterias de 64 kWh e ganho importante de autonomia em relação ao antecessor, embora o valor ainda não esteja definido. O motor elétrico de 204 cv e torque de 40 m.kgf promete bom desempenho, enquanto o comportamento se beneficia de nova suspensão traseira independente. Os comandos no volante, que em regra acionam trocas de marcha, foram usados para acentuar a frenagem com regeneração de energia, sendo possível fazer o carro parar sem usar o pedal de freio. A versão superior EV Designer Collection vem com pintura em dois tons e sistema de áudio Harman/Kardon.

 

 

Outros mercados, como os EUA, recebem também o Soul a gasolina e oferecem o pacote GT-Line com visual mais esportivo (em vermelho nas fotos). Os motores são aspirado de 2,0 litros, com 150 cv e 18,1 m.kgf e opção de transmissão CVT, e turbo de 1,6 litro com 204 cv e 27 m.kgf, que vem de série com caixa de dupla embreagem e sete marchas. Os itens internos passam por central de áudio com tela de 10,25 pol, projeção elevada de informações e carregador de celular por indução. Pela segurança o Soul ganhou controlador de distância, frenagem automática e assistentes de faixa, de faróis e de atenção do motorista.

Mais novidades do Salão de Los Angeles 2018

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação