Honda Accord, em duas versões, parte de R$ 119,9 mil

 

A Honda inicia as vendas no Brasil da nona geração do Accord, lançada no ano passado nos Estados Unidos. Ele chega em duas versões: EX de quatro cilindros, que passa a ter motor de 2,4 litros e custa R$ 119.900, e EX V6, que mantém a unidade de 3,5 litros e sai por R$ 147.900. Entre as novidades técnicas destacam-se subchassi em aço e alumínio, suspensão dianteira McPherson com coxim ativo (para redução de vibrações), lanternas traseiras com leds e o sistema Econ, que afeta parâmetros como acelerador e ar-condicionado para economizar combustível.

No interior, o modelo de topo da Honda no Brasil traz viva-voz Bluetooth para celular, câmera de ré multivisão (traseira, angular e de cima para baixo) e acendimento automático de faróis. O V6 vem ainda com iluminação dos faróis por leds, abertura das portas e acionamento do motor sem chave e o dispositivo LaneWatch, que monitora o ponto cego na faixa adjacente à direita, por meio de uma câmera no retrovisor, e mostra as imagens no painel. A capacidade do porta-malas é de 461 litros.

 

 

A versão de 2,4 litros tem potência de 175 cv e torque de 22,9 m.kgf, com câmbio automático de cinco marchas, enquanto a V6 desenvolve 280 cv e 34,6 m.kgf e usa seis marchas. Os itens de segurança abrangem controle de tração e estabilidade e seis bolsas infláveis (frontais, laterais dianteiras e de cortina). Os de conforto passam por bancos de couro com ajustes elétricos nos dianteiros, ar-condicionado automático de duas zonas, tela de 8 pol no painel e sistema de áudio com entrada USB (no V6 vem mais potente, com 360 watts). A garantia é de três anos sem limite de quilometragem.