Novo Audi R8 tem motor V10 aspirado com até 610 cv

Audi R8 V10 plus 01

 

Mais de oito anos depois do lançamento, o Audi R8 enfim dá lugar a uma nova geração. O desenho ousado do supercarro alemão foi mantido em grande parte do modelo que estreia em Genebra, mas algumas formas curvas deram lugar a ângulos e arestas, dentro da atual tendência. Faróis de leds são de série com opção pelos de laser, que duplicam o alcance do facho para 600 metros. As “lâminas” laterais em cor contrastante permanecem, só que separadas em duas seções. Na traseira, o aerofólio é móvel no R8 básico (aparece apenas em alta velocidade) e fixo de fibra de carbono na versão Plus.

 

 

O interior destaca a tela digital de 12,3 polegadas no lugar do quadro de instrumentos e usa revestimentos em couro Nappa, que podem ser combinados a camurça sintética (Alcantara). Um sistema de áudio Bang & Olufsen de 500 watts está entre as opções. O uso de alumínio e fibra de carbono na construção deixou o novo R8 mais leve em 50 kg que o antecessor, com peso a seco de 1.555 kg para o básico e 1.454 kg para o Plus, enquanto a resistência à torção aumentou 40%.

Pelo menos por enquanto, o R8 a gasolina será oferecido apenas com motor V10 de 5,2 litros, que continua com aspiração natural e pode vir em dois patamares: o básico produz potência de 540 cv e torque de 55,1 m.kgf; o Plus chega a 610 cv e 57,1 m.kgf. Ambas as versões usam caixa automatizada S-Tronic de dupla embreagem e sete marchas e tração integral Quattro, que pode enviar todo o torque apenas à dianteira ou à traseira, conforme as condições de aderência.

 

Audi R8 V10 03

 

O V10 básico acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e alcança velocidade máxima de 320 km/h. O mais potente Plus altera esses valores para 3,2 s e 330 km/h. As diferenças entre as versões abrangem as rodas, que têm 19 pol no básico (pneus 245/35 na frente e 295/35 atrás) e 20 pol no Plus (com 245/30 e 305/30, na ordem), e os freios, que usam discos de carbono-cerâmica no R8 mais potente.

Outras duas versões foram anunciadas, embora ainda sem fotos. O R8 E-Tron usa dois motores elétricos que somam 340 kW (462 cv) e 93,9 m.kgf, para acelerar de 0 a 100 em 3,9 s e chegar a 250 km/h. A autonomia foi mais que duplicada em relação ao anterior, para 450 km, e a recarga leva menos de duas horas com carregador apropriado. Já o R8 LMS, ou Le Mans Series, destina-se a competições da classe GT3 da FIA e chega às pistas no próximo ano.

 

R8

 

R8 Plus

Texto da equipe – Fotos: divulgação