Mercedes CLS 450 4Matic chega a partir de R$ 466.900

 

O Mercedes-Benz CLS passa a oferecer no Brasil a versão 450 4Matic, que combina motor turbo de seis cilindros em linha e 3,0 litros (com 367 cv e torque de 51 m.kgf) ao auxílio elétrico EQ Boost (com 22 cv e 25,5 m.kgf). Com tração integral e caixa automática de nove marchas, o CLS acelera de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e atinge 250 km/h de velocidade máxima limitada. Os preços sugeridos são de R$ 466.900 na versão 450 e R$ 499.900 na 450 Sport. A versão AMG 53 permanece disponível.

 

 

O “cupê de quatro portas”, como a Mercedes o anuncia, traz recursos como faróis Multibeam, que controlam múltiplos leds para iluminar sem causar ofuscamento; sistema de áudio Burmester de 590 watts e painel com duas telas integradas de 12,3 polegadas. O 450 Sport traz ainda acabamento AMG no exterior e interior, como para-choque dianteiro esportivo e rodas de 19 pol. Bolsas infláveis são nove, incluindo laterais dianteiras e traseiras, de cortina e de joelhos do motorista. O porta-malas leva 490 litros.

 

 

As assistências à condução abrangem controlador de distância à frente, frenagem autônoma, assistente de direção para manobras evasivas, auxílio de ponto cego e assistente de faixa. O pacote Presafe inclui as funções Plus (medidas preventivas para proteger os ocupantes contra um impacto traseiro iminente, com o veículo parado), Impulse Side (reposiciona os passageiros em caso de colisão lateral iminente) e Sound (proteção aos ouvidos).

Este último inibe a transmissão de altos volumes entre os tímpanos e a parte interna do ouvido, que pode danificar o sistema auditivo. Ao identificar uma possível colisão, o equipamento gera um ruído por meio dos alto-falantes, com volume suficiente para ativar o sistema natural de defesa do ouvido, o que faz a audição ser desconectada rapidamente.

Texto da equipe – Fotos: divulgação