Mercedes X em pré-venda na Argentina; aqui demora

 

A picape Mercedes-Benz Classe X entra em pré-venda na Argentina, onde será fabricada ao lado da Nissan Frontier e da Renault Alaskan — as três serão importadas de lá para o Brasil. O utilitário da marca alemã está disponível em três acabamentos e com três motores.

A versão Pure vem de série com controles de estabilidade e tração, freios a disco nas quatro rodas, sete bolsas infláveis, rodas de aço de 17 polegadas e central de áudio com tela de 7 pol. A Progressive acrescenta rodas de alumínio, navegador, limpador de para-brisa automático e controlador de velocidade. O acabamento Power vem ainda com bancos que simulam couro, ajuste elétrico nos dianteiros, rodas de 18 pol, chave presencial e faróis de leds. Se equipada com motor V6, a mesma versão ganha rodas de 19 pol, bancos dianteiros com aquecimento e comandos no volante para trocas de marcha, além de oferecer como opções assistência de faixa, câmeras de 360 graus e frenagem automática.

 

 

 

O motor básico é o Renault-Nissan turbodiesel de 2,0 litros da X220D, com 163 cv e torque de 41 m.kgf, associado a uma caixa manual de seis marchas e tração apenas traseira. A X250D recebe o 2,3 com dois turbos, 190 cv e 46 m.kgf que temos na Frontier, com transmissão automática de sete marchas e opção de tração nas quatro rodas. Por fim, a X350D vem com motor Mercedes V6 turbodiesel de 3,0 litros, 258 cv e 56,1 m.kgf, caixa automática de sete marchas e tração integral permanente 4 Matic. O mercado brasileiro deve receber a Classe X entre o segundo semestre de 2019 e o começo de 2020. Tanto a Alaskan quanto a Frontier argentina chegam antes, ainda este ano.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação