Mercedes cancela produção argentina da Classe X

 

A Mercedes-Benz desistiu de fabricar a picape Classe X na Argentina, o que altera seus planos para o mercado brasileiro. O projeto original era produzi-la em Santa Isabel em fábrica compartilhada com Nissan e Renault, pois o modelo deriva da mesma arquitetura das picapes Frontier e Alaskan, e lançá-la no Brasil no fim do ano passado. Contudo, depois de sucessivos adiamentos, a Mercedes cancelou os planos em função das “condições econômicas peculiares” argentinas.

 

 

A previsão era de que a Classe X oferecesse aqui dois motores turbodiesel: de quatro cilindros, 2,3 litros, 190 cv e torque de 45,9 m.kgf, como na Frontier, e V6 de 3,0 litros, 258 cv e 56,1 m.kgf, ambos com transmissão automática de sete marchas. A Mercedes-Benz diz que “ainda não há uma definição” sobre nova estratégia para a picape, que pode vir a ser importada da Espanha. A desvantagem é que essa origem implica Imposto de Importação de 35%, do qual a versão argentina estaria isenta.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação