Mercedes-Benz E 63 AMG: 710 cv com a Hennessey

 

Estamos mais habituados a ver a Hennessey Performance envolvida em preparações de carros norte-americanos, como Chevrolet Camaro, Ford Mustang e Dodge Challenger, mas vez ou outra ela apresenta propostas para modelos de outras origens. É o caso de seu novo Mercedes-Benz E 63 AMG: o motor V8 biturbo de 5,5 litros, que já produz 557 cv na configuração de fábrica (com pacote AMG Performance), passa a render 710 cv e o absurdo torque de 110,4 m.kgf, desde que abastecido com a gasolina de mais alta octanagem à venda em postos nos EUA.

O trabalho chamado de HPE 700 compreende alterações na admissão de ar e na central eletrônica, embora possam ser acrescentados pneus e rodas especiais, suspensão modificada e acabamento interno com fibra de carbono. A preparação está disponível também para outros Mercedes com o mesmo motor, como S 63, SL 63, CLS 63 e os utilitários ML 63, GL 63 e G 63.

 

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação