Latin NCap: 3 estrelas para Onix e Prisma, 5 para Virtus

 

Três estrelas para Chevrolet Onix e Prisma e cinco para Volkswagen Virtus, tanto na proteção de adulto quanto na de criança: esses são os novos resultados de testes de colisão do Latin NCap, divulgados hoje pelo instituto.

O líder nacional de vendas Onix e sua versão sedã Prisma acabam de receber reforços estruturais, a fim de corrigir as graves falhas de segurança constatadas em teste do Onix no ano passado. Os modelos fabricados desde 15 de janeiro (chassi a partir de 9BGKS48U0JG313644) obtiveram 20,24 pontos (em 34 possíveis) na proteção de adulto e 32,59 pontos (máximo de 49) na de criança, sendo 9,59 pontos (em 16 possíveis) para impacto frontal e 10,65 pontos (também máximo de 16) para impacto lateral.

De acordo com o Latin NCap, o Onix apresentou boa proteção às cabeças e aos pescoços do motorista e do acompanhante dianteiro: “O peito do motorista apresentou uma proteção fraca e o do acompanhante, adequada. Os joelhos de ambos os passageiros receberam proteção marginal ao serem expostos a lesões na hora de impactar contra estruturas perigosas por trás do painel. As tíbias de ambos os passageiros receberam proteção adequada. A área dos pés foi considerada instável, sendo a estrutura estável e capaz de suportar maiores cargas. Impacto lateral: a cabeça recebeu uma boa proteção; a pelve, adequada; o abdome, marginal e o peito, pobre. O modelo não conta com controle eletrônico de estabilidade“.

 

 

Para o novo sedã Virtus da VW, os resultados foram melhores: 32,56 pontos (em 34 possíveis) para adulto e 43 pontos (máximo de 49) para criança, com 15,68 pontos (em 16) no impacto frontal e 15,88 pontos (máximo de 16) no lateral.

O órgão avaliou que “no impacto frontal a proteção à cabeça e ao pescoço do motorista e do acompanhante foi boa. O peito do motorista recebeu proteção adequada e o do acompanhante, boa, por parte dos sistemas de retenção. Os joelhos do motorista e do acompanhante mostraram boa proteção,as tíbias de ambos os passageiros mostraram proteção boa e adequada. A área dos pés é estável, mostrando uma deformação insignificante, a proteção quanto aos pés é boa. A estrutura foi considerada estável. Impacto lateral: o airbag para o tórax e a cabeça ofereceu boa proteção à cabeça, ao abdome e à pelve do adulto, enquanto proporcionava proteção adequada ao peito. Impacto lateral de poste: o airbag para o tórax e a cabeça proporcionou boa proteção tanto à cabeça, quanto ao abdome e à pelve do adulto, enquanto oferecia adequada proteção ao peito”. O controle de estabilidade teve “seu desempenho aceito pelos requerimentos”.

Por ser o Polo igual ao Virtus da frente até a coluna central, a avaliação do impacto frontal e lateral de poste foi feita por meio dos testes realizados com o Polo. Contudo, como o Virtus tem distância entre eixos mais longa, o teste de impacto lateral foi realizado com o novo sedã.

Confira abaixo quatro vídeos dos testes.

 

Chevrolet Onix

 

 

VW Polo e Virtus

 

 

 

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação