Land Rover encerra linha Defender: veja sua história

Land Rover Defender

 

A Land Rover comemorou em Solihull, Inglaterra, na sexta-feira (29/1), os 68 anos de produção ininterrupta de sua linha original de jipes, conhecida hoje como Defender, ao mesmo tempo em que produziu a última unidade do modelo. Um evento em homenagem ao veículo foi realizado para 700 funcionários novos e antigos com mais de 25 carros que marcaram a história da Land Rover. Mais de dois milhões de utilitários Land Rover Series e Defender foram construídos na unidade desde 1948.

Conheça os principais marcos dessa trajetória:

 

1948: lançamento do Land Rover Series I, projetado pelos irmãos Maurice e Spencer Wilks com foco no uso agrícola, com motor de 1,6 litro e potência de 50 cv.

1950: é adotado um motor de 2,0 litros.

1954: a linha cresce com uma picape.

1956: chega o modelo perua, com distância entre eixos de 2,7 metros e espaço para até 10 pessoas.

 

 

1957: o primeiro motor a diesel, também de 2,0 litros.

1958: apresentação da Series II, com atualizações de estilo e mecânica, oferecida com entre-eixos de 2,20 e 2,80 metros (88 e 109 polegadas, na ordem). Um motor de 2,25 litros a gasolina estaria disponível nessa série.

1961: surge a Series II A, com opção de motor a diesel de 2,25 litros. Um 2,6 de seis cilindros em linha a gasolina também seria acrescentado.

1966: alcançado o marco de 500 mil unidades produzidas.

1969: os faróis vêm mais afastados e montados nos para-lamas, em vez de junto à grade.

 

 

1971: o Land Rover passa à Series III. Fabricada até 1985, essa série ofereceria motores 2,25 a gasolina e a diesel, 2,6 a gasolina e o inédito V8 de 3,5 litros a gasolina com 91 cv.

1976: a produção atinge o marco de um milhão de exemplares.

1983: aparecem as séries identificadas como 90, 110 e 127 em relação aos entre-eixos em polegadas (2,36, 2,79 e 3,23 m, na ordem). A tração integral passa a ser permanente e há novos motores, incluindo um turbodiesel de 2,5 litros de 1986 em diante. Nessa fase a prova fora de estrada Camel Trophy coloca o modelo em competições.

 

1990: o jipe passa a se chamar Defender. Apenas o motor V8 a gasolina, agora com 3,9 litros, e o 2,5 turbodiesel estão disponíveis.

1998: um motor 2,5 turbodiesel mais moderno, de cinco cilindros e 122 cv, é adotado. Os 50 anos do modelo são comemorados com a série 50th Anniversary, dotada de motor V8, transmissão automática e ar-condicionado.

2007: aproveitando que a Land Rover é propriedade do grupo Ford, o Defender recebe o motor Duratorq turbodiesel de 2,2 litros da marca e caixa manual de seis marchas.

 

2008: a edição SVX celebra seus 60 anos com rodas e bancos mais esportivos.

2012: o motor Duratorq passa a 2,4 litros.

2016: produção chega ao fim com um total de 2.016.933 unidades.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação