Lamborghini Sián: híbrido associa V12 e supercapacitor

 

A Lamborghini revela seu primeiro carro híbrido e o modelo mais potente em 56 anos de história da marca: o Sián, a ser apresentado no Salão de Frankfurt. O supercarro baseia-se na plataforma do Aventador, do qual toma emprestado o motor V12 aspirado de 6,5 litros, revisto para obter 785 cv. Com um pequeno motor elétrico de 34 cv, a potência combinada chega a 819 cv. O Sián (relâmpago no dialeto bolonhês) pode acelerar de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e alcançar 350 km/h.

 

 

 

Tal motor montado junto à transmissão move o carro sozinho, mas apenas em manobras de baixa velocidade. Seu maior objetivo é dar pronta resposta ao acelerador. Como anunciado em março pelo Best Cars, o sistema não usa bateria para armazenar eletricidade, mas um supercapacitor, que é três vezes mais potente que uma bateria de mesma capacidade e pesa um terço dela. O supercapacitor recarrega-se rapidamente nas frenagens, mediante regeneração, e assim pode fornecer potência novamente a velocidades de até 130 km/h. Motor elétrico e supercapacitor representam apenas 34 kg de peso adicional.

 

 

O Sián tem produção limitada a 63 unidades, em referência ao ano de fundação da marca (1963), e todas já têm compradores. Cada uma receberá acabamento diferenciado, de modo a não existirem dois carros iguais.

Texto da equipe – Fotos: divulgação