Lamborghini Huracan: 640 cv e avanços em eletrônica

 

O Lamborghini Huracan passa à versão Evo com novidades em controles dinâmicos, potência e recursos internos. O Lamborghini Dinamica Veicolo Integrata (LDVI), sistema integrado de (controle de) dinâmica, monitora aceleração e movimentos de carroceria para gerenciar os vários controles eletrônicos, incluindo tração integral, vetorização de torque e ajuste magneto-reológico dos amortecedores.

 

 

O motor V10 de 5,2 litros (que continua aspirado) está mais potente, com 640 cv e torque de 61,2 m.kgf, como na antiga versão Performante, contra 610 cv e 57,1 m.kgf do modelo básico anterior. A casa de Sant’Agata divulga 0-100 km/h em 2,9 segundos (0,3 s a menos) e 0-200 em 9 s (menos 0,9 s que antes), mantendo a máxima de 323 km/h. O Huracan Evo recebeu ainda novos para-choques e tomadas de ar, saídas de escapamento mais altas, novo aerofólio traseiro, central de áudio com tela de 8,4 pol, câmeras com sistema de telemetria e mais opções de personalização.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação