Jeep Renegade 2019: o que muda, incluindo o Trailhawk

 

Depois de anunciar a versão Limited, a Jeep revela a linha completa do Renegade 2019 para o mercado europeu. As novidades estéticas serão seguidas pelo modelo brasileiro, com lançamento esperado para antes do Salão de São Paulo. A versão Trailhawk (acima e abaixo), a mais voltada ao uso fora de estrada, acompanha as mudanças na frente (incluindo faróis de leds) e nas lanternas traseiras.

 

 

O motor básico da linha passa a ser o Multiair turbo de três cilindros e 1,0 litro, com 120 cv e torque de 19,3 m.kgf, seguido pelo turbo de quatro cilindros e 1,35 litro com 150 ou 180 cv (sempre com 27,5 m.kgf). São versões superalimentadas e com injeção direta do Firefly nacional. Permanecem as opções turbodiesel de 1,6 litro (120 cv) e 2,0 litros (140 ou 170 cv). O Renegade pode ter caixa manual de seis marchas, automatizada de dupla embreagem com sete ou automática de nove marchas. Além das versões citadas, existem a Sport e a Longitude, como no Brasil.

 

 

O interior oferece tela maior que a do nacional, de 8,4 pol, para o sistema de áudio Uconnect, item que já equipava o modelo 2018 europeu. Novos equipamentos de segurança são controlador de distância à frente, leitura de placas de velocidade e frenagem automática em caso de colisão iminente.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação