Jeep lança Compass: veja versões, preços e motores

 

A Jeep apresentou hoje (26) o novo Compass, produzido em Goiana, PE, que chega como segundo modelo nacional da nova fase da marca. O utilitário esporte médio (maior que o Renegade: 4,42 metros de comprimento, 2,64 m entre eixos) vem com duas opções de motores: Tigershark flexível de 2,0 litros com potência de 159/166 cv e torque de 19,9/20,5 m.kgf (gasolina e álcool, na ordem), que é inédito no Brasil, e o conhecido Multijet II turbodiesel de mesma cilindrada com 170 cv e 35,7 m.kgf.

Os acabamentos são Sport, Longitude e Limited, com o flexível e caixa automática de seis marchas (haverá ainda a série de lançamento Opening Edition, a preço não anunciado), e Longitude e Trailhawk com o Diesel, caixa automática de nove marchas e tração integral pelo sistema Active Drive Low. O seletor no console adapta o carro aos modos Snow (neve, para terrenos escorregadios), Sand (areia), Mud (lama) e Rock (pedra), este exclusivo do Trailhawk, além do modo automático.

 

 

Entre os recursos disponíveis estão sistema de entretenimento Uconnect com tela de 8,4 pol, áudio Beats de 506 watts, chave presencial para acesso e partida, ajuste elétrico dos bancos dianteiros, controlador da distância à frente, monitoramento de mudança de faixa, aviso/prevenção de colisão frontal, monitor de pressão de pneus, assistente para estacionamento e até sete bolsas infláveis. O Trailhawk tem suspensão elevada em 2 cm, pneus especiais de uso misto e placas extras de proteção sob a carroceria. A suspensão traseira é independente McPherson com qualquer das opções de tração, como no Renegade, e o porta-malas leva 410 litros. A garantia é de três anos.

Veja cada versão, seus equipamentos de série, opcionais e preços:

Compass Sport Flex (R$ 100 mil) – Ar-condicionado manual, auxílio para saída em rampa, banco traseiro bipartido, câmera traseira de manobras, cintos de três pontos para todos os ocupantes, computador de bordo, controlador e limitador de velocidade, controle eletrônico de estabilidade, tração e anticapotamento, faróis de neblina, fixação Isofix para cadeira infantil, freio de estacionamento elétrico, freios a disco nas quatro rodas, monitor de pressão dos pneus, rodas de alumínio de 17 polegadas, sensores de estacionamento traseiros, sistema de áudio com tela de 5 pol e navegador, volante ajustável em altura e distância.

Opcional: pacote Safety (bolsas infláveis laterais dianteiras, de cortina e para os joelhos do motorista).

 

 

Compass Longitude Flex (R$ 107 mil) e Diesel (R$ 133 mil) – Como o Sport, mais ar-condicionado automático de duas zonas, chave presencial para acesso e partida, comandos de mudanças de marcha no volante, rodas de alumínio de 18 pol, seletor de modos de condução, sistema de áudio com tela de 8,4 pol, volante com comandos.

Opcionais: pacote Safety (bolsas infláveis laterais dianteiras, de cortina e para os joelhos do motorista), pacote Premium (bancos de couro, sistema de áudio Beats, limpador de para-brisa e faróis automáticos, retrovisor interno fotocrômico) e teto solar.

Compass Limited Flex (R$ 125 mil) – Como o Longitude, mais pacotes Safety e Premium, faróis de xenônio, monitor de veículo em ponto cego, painel de instrumentos com tela colorida de 7 pol.

Opcionais: bancos de couro bege, pacote Advanced Assist (controlador de distância, monitor de mudança de faixa, aviso/prevenção de colisão frontal e assistente de farol alto), pacote Top III (ajuste elétrico dos bancos dianteiros, assistente de estacionamento, partida remota, sistema de áudio Beats, tomada de 127 V), teto solar panorâmico.

Compass Trailhawk Diesel (R$ 150 mil) – Como o Limited, mais ganchos de reboque, protetores de cárter, da transmissão e do tanque de combustível, seletor de modos com cinco programas e suspensão elevada (as rodas são de 17 pol).

Opcionais: pacotes Advanced Assist e Pack Top III (vide Limited), teto solar panorâmico.

 

Compass Longitude

 

Compass Trailhawk

Texto da equipe – Fotos: divulgação