Jeep Compass Flex vem em três versões e série limitada

 

A versão flexível do Jeep Compass, que a FCA deixou para um segundo lançamento, é apresentada à imprensa com o motor Tigershark de 2,0 litros, inédito no mercado brasileiro. Oferecido nas versões Sport (ao preço de R$ 100 mil), Longitude (R$ 107 mil) e Limited (R$ 125 mil) e na série de lançamento Opening Edition de 500 unidades (R$ 109.490), o motor desenvolve potência de 159 cv e torque de 19,9 m.kgf com gasolina; os valores passam a 166 cv e 20,5 m.kgf com álcool. Confira na primeira avaliação os equipamentos de cada versão.

 

 

Associado a uma transmissão automática de seis marchas com tração dianteira (a integral fica restrita ao motor turbodiesel), o Tigershark usa duplo comando de válvulas (acionado com corrente), variação de tempo de abertura, bloco e cabeçote de alumínio, preaquecimento de álcool para partida a frio e árvores de balanceamento. A Jeep divulga que 86% do torque estão presentes a 2.000 rpm. A taxa de compressão passou de 10,2:1 da versão original a gasolina para 11,8:1. O fabricante anuncia aceleração de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos com álcool.

O Best Cars dirige o Compass Flex e traz em breve suas impressões.

 

Compass Sport

 

Compass Longitude

 

Compass Limited

Texto da equipe – Fotos: divulgação