Japão e Europa têm novo Toyota Yaris com opção híbrida

 

Enquanto no Brasil o Toyota Yaris ainda tem jeito de novidade, os europeus e japoneses ganham sua quarta geração desde 1998, que substitui o modelo lançado em 2012. Pela primeira vez o hatch compacto (sem opção de sedã nesses mercados) adota a plataforma Toyota New Global Architecture (TNGA), em versão GA-B, voltada a carros menores. Além dos avanços em segurança, ela permitiu redução de peso em 50 kg.

 

 

 

O desenho do Yaris ficou mais ousado, embora alguns pontos sejam discutíveis, como o vinco nas portas traseiras que segue a curva do arco de roda. As proporções estão mais esportivas com mais 5 cm entre eixos e em largura, mas 4 cm a menos em altura, e os bancos ficaram mais baixos. O painel recebe módulos digitais nos instrumentos e tela “flutuante” para a central de áudio. Entre os recursos estão carregador de celular sem fio, volante aquecido, pacote de assistências Toyota Safety Sense (com controlador de distância à frente e assistência de faixa) e uma bolsa inflável central para proteger os ocupantes da frente em caso de impacto lateral.

 

 

Com motores a gasolina de 1,0 e 1,5 litro e três cilindros, o segundo pode ser associado a um elétrico na versão híbrida, ainda sem potência anunciada. No Japão o híbrido também é oferecido com sistema E-Four de tração integral, que usa motor elétrico para acionar as rodas traseiras, inédito na categoria. O novo Yaris será fabricado no Japão e na França, que atende a mercados europeus. A mudança não tem efeitos sobre o modelo brasileiro, que segue a versão feita na Tailândia.

Texto da equipe – Fotos: divulgação