Hyundai HB20X: versão “aventureira” parte de R$ 48,7 mil

 

A versão “aventureira” do Hyundai HB20, que havia sido antecipada no Salão de São Paulo, chega ao mercado. O HB20X é oferecido apenas com motor de 1,6 litro, com câmbio manual ou automático (de apenas quatro marchas), em quatro combinações. O HB20X Style, ao preço de R$ 48.755, traz freios antitravamento (ABS), bolsas infláveis frontais, ar-condicionado, direção assistida, volante ajustável em altura e distância, computador de bordo, rádio com interface Bluetooth (sem toca-CDs) e comandos no volante, vidros e retrovisores externos com acionamento elétrico, faróis de neblina e rodas de alumínio de 15 pol. Com o câmbio automático, passa a R$ 51.955.

 

 

A versão Premium, de R$ 51.255 com caixa manual, adiciona à Style sensores de estacionamento traseiros, banco traseiro bipartido (60/40), vidros com um-toque e acionamento remoto e revestimento de couro no volante e no pomo de câmbio. No caso do automático são R$ 54.455, diferença expressiva em relação ao HB20 convencional de mesma versão (R$ 49.795).

Comparado ao modelo conhecido, o “X” traz para-choques redesenhados, molduras pretas nos arcos dos para-lamas e barras de teto. A suspensão e os pneus 195/65 R 15 (em vez de 195/60 R 15) elevam em 40 mm a altura de rodagem, de que resulta um vão livre mínimo de 205 mm. O motor não tem alterações: fornece potência de 122 cv e torque de 16 m.kgf com gasolina, passando a 128 cv e 16,5 m.kgf com álcool. De acordo com o fabricante, a versão manual acelera de 0 a 100 km/h em 10,2/9,8 segundos e alcança 177/181 km/h; na automática os valores são de 12,0/11,5 s e 172/174 km/h (sempre na ordem gasolina/álcool).

 

Falta de visão

A Hyundai Motor do Brasil tem deixado bastante a desejar no que toca ao atendimento à imprensa.

Tanto no lançamento do HB20 quanto no da nova versão, mídias de grande difusão e formadoras de opinião como o Best Cars não foram convidadas a conhecer o produto, apesar de nossos contatos com o gerente de imprensa Maurício Jordão nesse sentido.

Fica nosso protesto à falta de visão da Hyundai e a sua desconsideração com o público que acompanha este site, com mais de 600 mil visitantes únicos ao mês.

O Editor

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação