Honda PCX 150, de R$ 8 mil, tem parada automática

 

A Honda lança em maio no mercado brasileiro o scooter PCX, com motor de 150 cm³, ao preço sugerido de R$ 8 mil (mais frete e seguro). De linhas atuais, o modelo tem motor refrigerado a líquido com injeção eletrônica, que fornece potência de 13,6 cv e torque de 1,4 m.kgf, e um sistema automático de parada e partida, o Idling Stop System, que desliga o motor após funcionar em marcha-lenta por três segundos com o scooter parado, religando-o assim que aciona o acelerador.

 

 

O PCX é dotado de câmbio automático de variação contínua (CVT), partida elétrica, sistema de freios CBS com acionamento combinado (ao acionar o freio traseiro, o dianteiro também é acionado, evitando o mau uso feito por alguns motociclistas), freio dianteiro a disco, painel com marcador de combustível e compartimento sob o banco para um capacete fechado e mais um objeto. As rodas são de 14 pol, com pneu 90/90 na dianteira e 100/90 na traseira, e o scooter pesa 124 kg a seco.

 

 

  • Andre Thiel

    Muito bom! Vamos ver se agora eu vendo meu Burgman carburado e pego algo mais moderno

  • http://www.facebook.com/franklin.weise Franklin Weise

    Só tenho lido coisas positivas a respeito deste modelo, mas tenho uma dúvida: qual as vantagens/desvantagens de ter o “túnel” central?

  • Marlon

    Oito conto na motoneta do Black Kamen Rider????

  • Andre Thiel

    Franklin, se não me engano no túnel central fica o tanque de gasolina. Penso que neste caso a vantagem é centro de gravidade mais baixo e maior espaço embaixo do banco. Mas aquele espaço central é bem útil para levar sacolas…

  • http://www.facebook.com/franklin.weise Franklin Weise

    Também pensei na utilidade deste espaço nos modelos de assoalho plano. No caso da Burgman, o tanque fica junto ao motor?

  • Cristian Silva

    A Honda passando o “carro” nas demais….esse Scooter não tem concorrente a altura no Brasil

  • mag

    Agora a Yamaha Neo (excelente por sinal) morre de vez.

  • Andre Thiel

    Na Burgman o tanque fica embaixo do banco. Com tanque cheio você sente ela mais instável, mas não chega a comprometer. Nas motos trail com tanque à frente (as mais novas estão saindo com tanque embaixo do banco) fica muito mais instável com tanque cheio. Normalmente a capacidade é mais alta, para viagens, então são praticamente 20 quilos puxando para baixo nas curvas.

  • Alex SP

    Estou entre essa Honda e a Citycom 300 da Dafra, que já usei por duas semanas. Mas ninguém nas lojas da Honda sabe quando ela vêm de fato, a Honda anuncia, solta releases, teasers, fotos, etc. e nada da moto chegar. A City custa 50% a mais (~12 mil 0km) mas é um excelente projeto, mais robusta, ágil e com ótima capacidade de carga, além de maior proteção frontal e tb lateral (as pernas ficam mais pra dentro da carenagem). Dúvida cruel…

  • fcintra

    Por esse preço, nem um freio à disco traseiro e CBS???

  • Rogério

    o tanque fica embaixo baixando muito o centro de gravidade. Pelo que li lá fora a pcx é muito gostosa de se pilotar. parece muito mais leve do que é!

  • anderson

    fui em uma cc da honda e falaram que chega no fim de maio! to esperando pra pegar uma.
    a pcx tem muito mais tecnologia. só o sistema idle stop já compensa a moto. nem motor de partida tem. a única vantagem da citycom é a cilindrada mas pra scooter não acho necessário. Tirando toda a qualidade e rede de concessionárias da honda.

  • wcosta

    a honda esta de parabens pelos lançamentos (crf 250l e pcx), até que em fim um sopro (bem forte) de modernidade na sua linha, algo que todos nos sabiamos que a honda era capaz, isso se traduz em respeito ao consumidor, porém não da pra entender essa escassês de cores nesses lançamentos, espero que com o tempo hajam mais opções.

  • Alexandre Jobi

    Com esse preço vou esperar uns dois anos para começar a ter seminovas no mercado. Quando tiver uns R$ 6000,00 no mercado de usadas eu compro.
    Por enquanto vou ficando com minha Lead que já está paga e se pagando com a economia de combustível e tempo que tenho indo ao meu trabalho e evitando ficar preso nos engarrafamentos. Dá até para fazer pequenas compras de supermercado com ela devido ao espaço sob o banco e no bauleto que instalei.

  • Alexandre Jobi

    YAMAHA!!! Onde está a X-MAX ??? Falta de respeito com o consumidor brasileiro…..

  • Jorge

    Desde o ano passado, tive 04 – 2008, 2009, 2010 e 2011 que ia trocar ano passado e a revenda disse que não iriam fabricar mais já vendi e estou esperando chegar aqui na minha cidade o PCX.

  • Jorge

    Concordo. Disseram que não iriam fabricar mais a NEO e queriam me empurrar uma Kripton..

  • Andre Thiel

    A Yamaha do Brasil não tem interesse em concorrer com a Honda. Apenas em vender sua cota anual. Uma pena, pois tem bons produtos.

  • lobim

    8.000,00 é o que anuncião…..sabe como é a honda, na pratica acaba saindo por 9.000,00 na loja mais próxima da sua casa.

  • lobim

    “cilindrada não é necessário”…??? ué
    Faz assim, pede um scoter sem cilindrada nenhuma e vai pedalando.
    É por declarações como a sua que nosso mercado não é respeitado, e só mandão lixo pra cá.
    Pega uma 100cc e tenta andar numa via expressa ou subir alguma serra pra vc ver.

  • lobim

    Faltou motor e sobrou farol.
    Tanto em carros quanto em motos, esta tendencia de fazer farol gigante ta enchendo o saco.
    Pior é que dentro daquela enorme lente, tem apenas uma lampada de 35w, é pura enganação.
    Porque não usão as de 60W, que ilumina alguma coisa ?, cade a segurança a noite ?

  • http://www.facebook.com/people/Guilherme-Ferreira/100002046952473 Guilherme Ferreira

    amigo, vai muito da finalidade da moto, se vc quer uma moto só e somente para a cidade, a da honda axo q se encaixa melhor, agora se vc pretende fazer pequenas viagens, a citycom é a melhor opção, tem outro fator tb, a sua estatura, essa moto da honda ai o cara q tiver acima de 1,80 vai começar a sofrer.

  • Farid Salim Junior

    As Concessionárias cobrarão bem mais do que a Honda anuncia. Parece até praga de sogra! E, não sabemos qual a capacidade do tanque, nem a autonomia. E, se comparada com a Citycom, perde feio em estilo, em desempenho, em espaço interno (cabem 2 capacetes sob o banco do modelo da Dafra). Um casal amigo foi e voltou com uma Citycom ao Chile, sem problemas de qualquer ordem com a moto. Será que uma PCX aguenta uma viagem um pouco mais longa, tipo… Rio-Campo-Rio?

  • Napa

    Correto, fui na cc ontem e estão cobrando r$1.000,00 de frete, um absurdo, roubo

  • Paulo Kobayashi

    Suspensão lixo..!