Honda Jazz, o Fit dos europeus, oferece mais segurança

Honda Jazz 01

 

Dessa vez os brasileiros saíram à frente: só no Salão de Genebra os europeus conhecem a terceira geração do Honda Fit, quase um ano depois do lançamento por aqui. Em contrapartida, o pequeno Honda (chamado lá de Jazz, desde o primeiro modelo) estreia com recursos ausentes do nosso, como tela de 7 polegadas no painel, controle de estabilidade, câmera e radar para monitorar o tráfego à frente e acionar os freios se necessário, alerta para saída da faixa de rolamento, comutação automática entre faróis alto e baixo, leitura de placas de limite de velocidade e ar-condicionado com comando por tela tátil. Ao contrário do Fit nacional, que adotou como padrão o motor de 1,5 litro, o Jazz dos europeus oferece apenas o de 1,35 litro e 102 cv, com câmbio manual de seis marchas e opção pelo automático de variação contínua (CVT).

 

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação