Honda celebra 25 anos de Type R desde o NSX

 

A Honda comemora os 25 anos da série Type R de versões esportivas, hoje representada pelo Civic, mas iniciada em 1992 com o supercarro NSX. A nomenclatura para “tipo competição” (racing) indicava a variação com peso reduzido em 120 kg, feita até 1995. Reapareceu em 2002 na série final do lendário esportivo.

O segundo Type R era um Integra (1995), modelo maior que o Civic, dotado de motor de 1,8 litro e 200 cv com o comando de válvulas variável VTEC. Na sequência vinha o Accord Type R de 2,2 litros e 220 cv.

 

 

Para o Civic, o primeiro Type R vinha em 1997 com três portas e motor de 1,6 litro e 185 cv, sendo restrito ao mercado japonês. A geração seguinte, de 2001, manteve esse formato de carroceria, chegava a 200 cv com 2,0 litros (215 cv em versão especial) e passava a ser feita também na Inglaterra. No oitavo Civic o Type R tornava-se um sedã quatro-portas, em 2006, embora o hatch de três estivesse disponível. O motor de 2,0 litros produzia 225 cv no Japão ou, na versão Mugen, 256 cv.

Em 2015 aparecia o primeiro Type R com turbo, o hatch europeu de cinco portas, com 310 cv em 2,0 litros. Ele dava lugar em 2017 ao atual hatch inglês com 320 cv no mesmo motor e plataforma evoluída.

Todo Type R traz o emblema da Honda com o “H” em vermelho. Curiosamente, no importante mercado dos Estados Unidos a versão só entrou no catálogo do Civic com a linha 2018 do hatch: antes esteve apenas no Integra, vendido lá pela divisão de luxo Acura.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação