Honda CBR 1000 RR SP traz 190 cv e mais eletrônica

 

A Honda revela no Intermot ou Salão de Colônia uma nova geração da Fireblade, que passa a se chamar CBR 1000 RR SP. A tradicional receita de potência mais alta e peso menor foi aplicada com êxito: o motor de quatro cilindros agora desenvolve 190 cv, aumento de 11 cv, e a moto pesa 15 kg a menos (195 kg), o que resulta em relação peso-potência 14% melhor. Tampas do motor de magnésio, tanque e silenciador de titânio participam da dieta.

 

 

Com novo quadro, a “Blade” ganhou controle eletrônico de ambas as suspensões e unidade de medição inercial (IMU) em cinco eixos para gerenciar os vários auxílios à pilotagem, como freios ABS que atuam também em curva (pela primeira vez na marca) e controle de tração com nove estágios. O seletor de modos de pilotagem oferece cinco programas. Há ainda a versão SP2, destinada ao uso em circuitos, com motor mais potente, rodas forjadas Marchesini e emblema na carenagem alusivo aos 25 anos do lançamento da Fireblade em 1992.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação