Holden Calais V traz novo visual para o ex-Omega

 

Surge uma reestilização (código VF) para o grande sedã Commodore da Holden australiana, que de 1998 a 2012 foi importado para o Brasil e vendido como Chevrolet Omega. Apresentado como carro-conceito, mas pronto para produção, o Calais V (versão de topo entre os Commodores de luxo) mostra uma evolução natural do estilo da série VE lançada em 2006, com grande semelhança ao padrão de estilo Chevrolet, salvo pela grade dianteira.

 

 

Inovações entre os carros feitos na Austrália são assistente de estacionamento, projeção de informações no para-brisa e alerta para o tráfego de veículos na traseira. Poucos detalhes, caso das rodas de 21 pol, ainda devem mudar para a versão final, com vendas previstas para o meio do ano. A Holden nada divulgou sobre a mecânica, mas é provável que sejam mantidos os motores da série VE, como os V6 de 3,0 e 3,6 litros e o V8 de 6,2 litros, com tração traseira.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação