Ford Ecosport chinês: novo estilo e caixa automática

 

Depois dos Estados Unidos, que o conheceram em novembro no Salão de Los Angeles, o novo Ford Ecosport aparece aos chineses em Xangai. A remodelação da atual geração veio acompanhada de uma caixa automática tradicional de seis marchas, que substitui a polêmica automatizada Powershift de dupla embreagem. Grade, faróis e para-choques deram novo aspecto frontal ao Ecosport, que na versão chinesa mantém o estepe externo, ao contrário dos EUA. Na Europa o modelo anterior já é oferecido sem o pneu aparente.

 

 

Por dentro, além do acabamento em bege que os chineses apreciam (como alguns brasileiros), o Ecosport de Xangai mostra novo painel com linhas mais sóbrias, tela elevada de 8 pol para o sistema Sync 3 de áudio e navegação e difusores de ar embaixo dela. O volante é similar ao do Focus, com comandos de trocas de marcha (em vez do botão na alavanca), e o quadro de instrumentos perde as formas angulosas. O chinês pode receber os conhecidos motores Ecoboost turbo de 1,0 litro, Duratec de 2,0 litros (ambos com injeção direta) e aspirado de 1,5 litro com variação de tempo de válvulas, recurso que aqui temos no 1,6. Apenas o 2,0 pode vir com tração integral.

No Brasil, o Ecosport recebe as mesmas alterações visuais da China em meados do ano. É provável ser mantido o estepe externo.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação