Fiat Argo Trekking: versão aventureira vem por R$ 59 mil

 

O Fiat Argo ganha a versão “aventureira” Trekking, que explora um filão criado pelo fabricante ítalo-mineiro em 1999 com a Palio Adventure. Derivado do Drive com motor de 1,35 litro e transmissão manual (não há opção automatizada), o Argo Trekking traz suspensão elevada com nova calibração, pneus de uso misto e itens decorativos. O preço de R$ 59 mil fica R$ 2.400 acima do pedido pelo Drive, que não tem sistema de áudio de série. As vendas começam no fim de abril.

 

 

O aumento da altura de rodagem em 40 mm, associado aos pneus Pirelli Scorpion ATR mais altos e largos (medidas 205/60 R 15 H), deixou o Trekking com vão livre mínimo do solo de 210 mm, o maior de uma categoria que inclui Chevrolet Onix Activ, Ford Ka Freestyle e Hyundai HB20X. Molas, amortecedores e assistência de direção foram revistos e, segundo a Fiat, a absorção de irregularidades está melhor.

 

 

A parte estética conta com teto, defletor traseiro e retrovisores em preto, barras de teto, adesivo no capô, novas molduras nas caixas de rodas e no para-choque traseiro, e emblema Trekking nas laterais inferiores e na traseira. O símbolo é composto por três formas com significados de transcender, explorar e criar, segundo o fabricante. Vem ainda com ponteira de escapamento trapezoidal e rodas com calotas escurecidas.

O interior recebe bancos com tecido escuro e costura laranja, área central com textura quadriculada e o logotipo Trekking bordado. Os itens de série incluem central de áudio Uconnect com tela de 7 polegadas e integração a celular por Android Auto e Apple Car Play, controle elétrico de vidros, travas e retrovisores e faróis de neblina. Como opcionais, pode ter rodas de alumínio de 15 pol (fotos) e câmera traseira de manobras.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação