Fiat Argo e Cronos devem ganhar transmissão CVT

 

Uma transmissão automática de variação contínua (CVT) deverá ser a solução da Fiat para Argo e Cronos com motor Firefly de 1,35 litro. Hoje restritos à caixa automatizada monoembreagem GSR-Comfort, os dois modelos podem aparecer com a nova opção já nos próximos meses na linha 2020. A CVT, inédita na linha Fiat brasileira (foi usada apenas no Uno italiano nos anos 80), parece ideal para esse motor pequeno por sua eficiência em desempenho e consumo, maior que a da caixa automática de seis marchas das versões de 1,75 litro.

 

 

A transmissão é também mais leve e, se dotada do sistema de duas relações usado pela Nissan, pode operar com leque de marchas bem mais amplo. Ainda não se sabe qual será o fornecedor da caixa. A CVT dos Fiats pode estrear com o Argo “aventureiro”, que tem previsto o nome Trekking (e não Adventure) e seguirá a receita habitual na marca, com pneus maiores, suspensão elevada e adereços visuais.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação