Série do Smart Fortwo marca fim de motor a combustão

 

O motor a combustão já tem data para acabar na Smart, divisão da Daimler-Benz. A empresa anuncia a edição limitada Final Collector’s Edition by Konstantin Grcic, que marca a adoção em definitivo de motores elétricos em seus carros em 2020. Será o primeiro fabricante no mundo a completar essa migração (não se incluem, claro, os que começaram com elétricos como a Tesla). A edição do Fortwo tem apenas 21 unidades, que remetem aos 21 anos da Smart desde a fundação em 1998, e vem em amarelo e preto fosco. O motor de topo da linha é um turbo de 900 cm³ com 90 cv e torque de 13,8 m.kgf, com o qual o carrinho acelera de 0 a 100 km/h em 10,8 segundos.

 

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação