Corvette ZR1: detalhes do novo supercarro de 764 cv

 

O Corvette ZR1 da geração C7 (a sétima na história do esportivo da Chevrolet) aparece como a versão mais potente do carro em todos os tempos. O motor LT5 repete a denominação do usado no primeiro ZR1, de 1989, mas é derivado do V8 LT4 de 6,2 litros do Z06. Com compressor de capacidade 52% maior e duplo sistema de injeção (direta e indireta), ele fornece potência de 764 cv (755 hp) e torque de 98,9 m.kgf e pode vir com caixa manual de sete marchas ou automática de oito — eliminar o pedal de embreagem é inédito na versão. A GM anuncia velocidade máxima acima de 338 km/h.

 

 

Não há como confundir o novo Vette com as demais versões: ele tem nova frente, tomadas de ar para nada menos que 13 trocadores de calor, capô de fibra de carbono com seção central destacada e dois modelos de aerofólio traseiro. O baixo permite maior velocidade, mesmo assim com sustentação negativa 70% maior que a do Z06; o alto amplia essa sustentação e garante o melhor desempenho em curvas.

Optar pelo segundo, parte do pacote ZTK Performance, traz também pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 e recalibração do controle magneto-reológico dos amortecedores. Outro pacote, o Sebring Orange Design, aplica o tom laranja à carroceria, pinças de freio, detalhes internos e cintos. Mais opcionais são volante de fibra de carbono, bancos de competição e sistema de áudio Bose.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação