Em breve aqui, VW Polo tem painel digital e até 200 cv

 

A Volkswagen alemã apresenta a sexta geração do Polo, modelo que será fabricado também no Brasil no segundo semestre. Com 4,05 metros de comprimento, é o maior Polo na história (desde 1975) e tem capacidade para 351 litros de bagagem. O estilo não surpreende, mas combina o jeito do Golf a uma frente mais parecida com as de Passat e Arteon, que deve chegar a mais modelos da marca nos próximos anos.

No interior, que usa a cor da carroceria em parte do painel, chama atenção o quadro de instrumentos digital e configurável, similar ao dos Audis: os mostradores mudam de cor e grafia conforme o programa de condução selecionado e podem dar lugar ao mapa de navegação ou um quadro com outras informações. A seu lado, a tela do sistema de áudio mostra-se mais integrada ao conjunto do que é habitual.

 

 

Recursos de assistência são numerosos, como controlador de distância à frente, frenagem automática urbana com detector de pedestres, alerta para veículo em ponto cego (incluindo tráfego cruzado atrás) e assistente para estacionar. Há ainda teto solar panorâmico, carregador de celular sem fio, chave presencial e rodas de até 18 pol. As versões de acabamento são Trendline, Comfortline e Highline, além das edições Beats e R-Line e do esportivo GTI.

São nove as opções de motores. A linha a gasolina tem unidades de 1,0 litro (65 cv aspirada a 115 cv com turbo), 1,5 litro (turbo, 150 cv) e 2,0 litros (turbo, 200 cv) para o GTI, que acelera de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos. Há ainda os turbodiesels de 1,6 litro (80 e 95 cv) e o 1,0 a gás natural (90 cv). Transmissão DSG de dupla embreagem está disponível, assim como controle eletrônico de amortecedores.

 

Polo

 

Polo GTI

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação