Com mais 10 cv, Bentley Flying Spur quebra barreira

 

Que diferença 10 cv fazem em meio a mais de 600? Pouca, você diria, mas para o Bentley Continental Flying Spur W12 foi o bastante para superar uma barreira. Com os 625 cv e o torque de 81,6 m.kgf antes produzidos por seus 12 cilindros, 6,0 litros e dois turbos, o supersedã alcançava velocidade máxima de 322 km/h. Agora a versão W12 S obtém 635 cv e 83,6 m.kgf, que permitem atingir 325 km/h e deixar para trás a marca de 200 milhas por hora (322 km/h) no padrão inglês. Acelerar de 0 a 100 km/h requer apenas 4,5 segundos.

 

 

Nas linhas imponentes do Spur a empresa pouco mexeu: novo desenho das rodas de 21 polegadas, faróis e lanternas escurecidos, eliminação de cromados. O interior foi revisto no volante e em apliques de acabamento. A Bentley reviu a calibração da suspensão (com molas a ar e controle eletrônico) e do controle de estabilidade e oferece freios a disco de carbono-cerâmica. O modelo de 5,29 metros usa caixa automática ZF de oito marchas e tração integral.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação